CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 25 de setembro de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Sem prestação, 11 famílias de Rio Verde conquistam casa própria



Realizar o sonho da casa própria está no imaginário do brasileiro. E para os sul-mato-grossenses contemplados pelo programa Lote Urbanizado alcançar esse ideal é ainda mais extraordinário, já que a moradia vem isenta de prestação. Criado em 2016 pelo Governo de Mato Grosso do Sul, o projeto já concluiu 216 casas em 18 cidades. Uma delas é Rio Verde de Mato Grosso, onde 11 famílias vivem em seus lotes urbanizados no bairro Jardim Aeroporto II.

“Em sete meses eu consegui construir minha casa”, revela a cozinheira Alexandra Moura de Freitas, 38 anos. Ela optou por financiar o material de construção e depois que terminar de pagar as parcelas, de até R$ 150 mensais, não terá prestação de financiamento do imóvel. “Fiquei com medo de não dar conta de construir. Mas trabalhei, batalhei e consegui”, completa a mulher que vive na casa nova com a mãe e o marido.
Premiado nacionalmente pelo Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), o Lote Urbanizado propõe parceria entre Estado, município e cidadão: a prefeitura doa o terreno, o Estado constrói a base da residência (com fundação, instalações hidráulicas e sanitárias, contrapiso e primeira fiada em alvenaria) e a família beneficiada entra com a mão de obra e a compra do material restante.A construção de cada casa é feita em duas etapas. Na primeira, a Agehab edifica a base de 42,56 m², executada para comportar dois quartos, sala/cozinha e banheiro. A segunda etapa é o complemento da construção: a família selecionada tem que comprovar a compra do material e a mão de obra (pessoa que receberá assistência técnica e será acompanhada na autoconstrução). O prazo para a conclusão é de 24 meses contados a partir da assinatura de autorização para início da obra. 
“É um projeto no qual as famílias participam ativamente de todo o processo da construção de suas casas”, explica a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez. Em todo o Estado, são 1.726 lotes urbanizados em 32 municípios. Desse total, 1.602 bases residenciais já foram entregues pelo Estado. Outras 123 estão em execução.
Coordenadora de Habitação da Prefeitura de Rio Verde, Aline Froes conta que o município doou 40 terrenos para o projeto habitacional. “E já solicitamos novamente ao governador (Reinaldo Azambuja) mais 40 lotes para serem investidos”, disse. O governante esteve na cidade na semana passada. “Entregamos o projeto para ele e esperamos que venham mais porque sabemos do sacrifício das pessoas e essa oportunidade que o Estado dá é excelente”, pontua Aline.
quarta-feira, 25 de setembro de 2019


Audiência

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/