CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 25 de setembro de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

População e classe política comemora retomada das atividades do frigorífico em Rio Verde de Mato Grosso-MS


Fechado desde 2009, a planta frigorífica do Grupo Margen em Rio de Verde de Mato Grosso-MS, foi recentemente arrematada em leilão judicial realizado pela 2ª Vara Cível de Coxim, e deve ser reaberto em janeiro de 2020. O frigorífico, localizado no quilômetro 747 da rodovia BR-163, na saída para Coxim (MS), no município de Rio Verde de Mato Grosso, foi arrematado pelo valor que consta no edital do leilão pela empresa MSBOI - Comércio e Abate de Bovinos, que já atua na comercialização de carnes nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, há mais de 25 anos.


Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeita e Empresários unido pelo desenvolvimento de Rio Verde de Mato Grosso-MS - Foto: Victor Currales







O retorno das atividades nesse frigorífico significa muito para o desenvolvimento município de Rio Verde de Mato Grosso-MS, afinal de contas foram 10 anos fechados. Em agosto, os novos administradores da planta frigorífica estiveram na prefeitura de Rio Verde de Mato Grosso-MS, onde foram recebidos pelo prefeito Mario Kruger, a vice-prefeita Dinalvinha Viana e pelo presidente da Câmara de Vereadores do município Riovaldo Pires Martins, numa visita de cortesia.

Na última quinta-feira (19/09), durante a instalação no município do programa Governo Presente, onde o Governador Reinaldo Azambuja e vários Secretários de Estado, Deputados Estaduais estiveram presente, representantes da empresa MSBOI, foram recebidos pelo governador e anunciaram a ativação da planta frigorífica que vai, ao término das etapas de reforma e adequação, gerar até 460 empregos.

Apesar da muita expectativa e até desconfiança por parte da população, desta vez, a ativação da indústria conta com apoio do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal.

“Rio Verde precisa de muitas opções de trabalho e emprego para população”, pontuou o governador Reinaldo Azambuja. Segundo ele, o frigorífico, que está fechado há seis anos, foi arrematado em um leilão judicial por de empresários de Mato Grosso do Sul e de São Paulo.

“Eles divulgaram investimento de mais de R$ 40 milhões. Vão reformar e ampliar. E o mais importante é que vão gerar até 460 empregos diretos para essa região. Por isso, nós já disponibilizamos qualificação profissional para Rio Verde. Vamos ter um curso técnico profissionalizante para treinar a mão de obra local”, completou o governador.

O anúncio também foi comemorado pelo prefeito da cidade, Mário Kruger. “Hoje, cerca de 500 pessoas de Rio Verde de Mato Grosso vão trabalhar nas indústrias frigoríficas de outro município. Agora, essas pessoas podem ter a oportunidade de trabalhar aqui, em casa”, disse.

Em entrevista exclusiva para o Veja Folha e Folha de São Gabriel, os representantes da MSBOI, Marcus Amad e Edson Luiz Nunes (Tico), falaram das expectativas e planejamento para o funcionamento da unidade prevista para 2020, e inicialmente com cerca de 250 funcionários.



 Edson Luiz Nunes (TICO) e Marcus Amad da MSBOI. - Foto: Victor Currales

Segundo o administrador Edson Nunes, o Tico, apesar da planta adquiridas estar adaptada para o abate de suínos a atividade principal da nova empresa é o abate de bovino e necessariamente a planta irá passar por uma grande reforma cuja previsão é de 6 meses, para estar apta a abater bovinos que é uma matéria prima que se tem em abundância na região.

A perspectiva do grupo é participar do mercado nacional e internacional, exportando então carne bovina de Rio Verde de Mato Grosso para vários países. São projetos que estamos desenvolvendo junto o Ministério da Agricultura e para isso é exigido uma série de adaptações, ou seja, uma ampliação muito grande haverá de ser feita nessa planta com altos investimentos, por isso estamos contando com o Governo do Estado para o incentivo e apoio para podermos então entrar no mercado de forma competitiva juntos com os outros.

“O período de reformas e adaptações antes do início das operações serão realizadas em três etapas, a primeira delas é essa adaptação para o abate de bovinos, a segunda delas seria a ampliação da parte da desossa e na terceira etapa será construída uma ala de salga de carne para o mercado Israelense, essa é a nossa pretensão”, explicou Tico.

Segundo ele, a previsão de investimentos será na ordem de 40 milhões com o início previsto para novembro e esperando-se a conclusão para 2022, gerando no início cerca de 250 empregos direto e até o final da terceira fase estaremos gerando cerca de 500 empregos direto.

O Grupo MSBOI, está no mercado com a experiência de seus proprietários há mais de 25 anos, porém trabalhando Campo Grande-MS, com o sistema de abate terceirizado com entreposto e distribuição, abastecendo mais de 18 estados da Federação e hoje com a aquisição dessa planta em Rio Verde de Mato Grosso-MS, passando então o município ser a sede da matriz do grupo.

Durante a passagem do Governo do Estado por Rio Verde, o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Verde de Mato Grosso-MS, Riovaldo Pires Martins, em nome de todos os vereadores, reafirmou o compromisso da Casa de Leis com a população do município e está de portas abertas para o diálogo e proposição do que for preciso para viabilizarem a reabertura da planta frigorífica o mais breve possível, afirmou Riovaldo Martins.

História

A Administração Municipal de Rio Verde de Mato Grosso-MS, comemorou a semana com uma grande conquista que ficará assinalada na história do município. Por dois dias o município tornou-se a capital do estado de onde o governador e seu secretariado atenderam treze municípios da região norte do MS e também foi protocolado junto ao governo do estado, o projeto de reforma, ampliação e o planejamento do reinício das atividades do frigorífico MSBOI, que busca apoio e incentivo para o projeto, um sonho da comunidade rio-verdense.

Uma das metas da gestão Mario Kruger/Dinalvinha, era colocar a indústria frigorifica em funcionamento, um sonho antigo que o Prefeito Mario Kruger trabalhou incansavelmente para a realização desse sonho da população. Atrair investidores não é uma tarefa fácil, mas foi possível, graças ao trabalho incansável da Administração Municipal e o comprometimento de toda a equipe técnica.

Para o Prefeito Mario Kruger, dar continuidade a esse projeto que se encontrava em situação de abandono é estar atendendo as reivindicações da comunidade.


 Prefeito Mario Kruger e Vice-Prefeita Dinalvinha - Foto: Victor Currales

“O projeto é inovador, Rio Verde vive um momento histórico de grande alegria e satisfação. Sempre estivemos buscando investidores e apesar dos altos investimentos necessários encontramos pessoas com capacidade empresarial e com experiência no ramo. O funcionamento da indústria frigorifica é um projeto que a nossa gestão sonhava e que agora graças a Deus está sendo oportunizado, tem um valor imensurável no desenvolvimento econômico e social do nosso município”, finalizou Mario Kruger.

Fonte: Victor Currales
quarta-feira, 25 de setembro de 2019

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/