->
CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 27 de junho de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Botijões são apreendidos e revendedores de gás presos durante operação em Coxim

Foto: PC de Souza

A Polícia Civil apreendeu dezenas de botijões e prendeu cinco revendedores de gás durante operação “Gás Legal” desencadeada nesta terça-feira (27), em Coxim.
Segundo a delegada Silvia Elaine Girardi Menck, os botijões apreendidos estavam armazenados de forma irregular.
Além de não ter autorização para armazenar, os depósitos ofereciam riscos. Em alguns casos, a polícia flagrou botijões próximos de combustíveis.
Por conta dessas irregularidades, cinco revendedores foram presos. Eles devem permanecer detidos, pelo menos, até a audiência de custódia nesta quarta-feira (28), quando devem ser fixadas as fianças pela Justiça.
Além dos botijões, de 30 a 40 unidades, foram apreendidas várias motocicletas utilizadas na comercialização do gás. Todas foram levadas para a delegacia de Polícia Civil. A apreensão de um equipamento, apelidado de “chupa-cabra” chamou a atenção dos policiais.
Apesar de não ter autorização para abastecer botijões, a impressão que se tem é que esse chupa-cabra fazia a transferência do gás, de um botijão para o outro. Caso isso seja comprovado, o proprietário vai responder por mais uma irregularidade.
De acordo com a delegada, a operação deflagrada é resultado de uma investigação iniciada no MPE (Ministério Público Estadual). Ao amanhecer, os policiais civis de Coxim, com apoio de colegas da região norte, se dividiram para cumprir mandados de buscas e apreensões em várias revendas, assim como numa distribuidora.
Além do armazenamento de forma irregular, os quatro delegados não descartam outras irregularidades que estão sendo estudadas. Em todos os locais eles apreenderam documentos diversos e computadores, assim como levaram proprietários de revendas e funcionários para prestar esclarecimentos.
Entenda o caso
Há meses donos de revendas de outras bandeiras denunciaram o que chamam de cartel por parte de revendas dessa distribuidora que foi alvo da operação. É que o botijão de 13 quilos era vendido a pouco mais de R$ 80,00, de repente, o proprietário da distribuidora decidiu abaixar para metade do preço, praticamente.
Desde então, o botijão passou a ser vendido a pouco mais de R$ 40,00. A concorrência acredita que essa jogada comercial teve como objetivo quebrar as revendas de outras bandeiras, para que essa distribuidora pudesse praticar o preço que bem entendesse depois que isso acontecesse.
Entretanto, as outras bandeiras também conseguiram reduzir o preço do botijão, permanecendo por meses abaixo dos R$ 50,00.
Ediçãoms
Foto: PC de Souza
Foto: PC de Souza
terça-feira, 27 de junho de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/