CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 17 de novembro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

MS volta dos Jogos Escolares Brasileiros com 51 medalhas e experiências inesquecíveis

 


Mato Grosso do Sul encerrou os JEBs (Jogos Escolares Brasileiros) 2022, no Rio de Janeiro (RJ), com 51 medalhas, sendo 14 de ouro, 11 de prata e 26 de bronze. Esse número é 218% maior em relação à edição anterior, quando os sul-mato-grossenses conquistaram 16 medalhas.

Em meio aos mais de oito mil participantes, Mato Grosso do Sul foi representado por 202 estudantes, com idade entre 12 e 14 anos, em 17 modalidades: atletismo, badminton, basquetebol, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, karatê, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei de praia, voleibol, wrestling (luta olímpica) e xadrez.

Durante os 15 dias de evento, a equipe sul-mato-grossense ainda contou com 35 técnicos, nove auxiliares técnicos, nove oficiais e dois fisioterapeutas, totalizando 257 pessoas.Os atletas do judô e do atletismo foram os que mais frequentaram o pódio. As duas modalidades juntas somaram 25 medalhas. Destaque para a 4ª colocação geral do atletismo no gênero masculino, um feito inédito para o Estado.

A delegação estadual foi organizada e coordenada pela Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer).

Confira todas as medalhas que vêm para MS dos Jogos Escolares:

14 MEDALHAS DE OURO

  • André Lucas Dodero (Colégio Bionatus – Campo Grande), no judô – meio-leve (-44 kg), na Série Ouro
  • Henrique Sena (E.E. Blanche dos Santos Pereira – Campo Grande), no judô – pesado (+64 kg), na Série Ouro
  • Kauã Katrink (E.E. Braz Sinigáglia – Batayporã), no karatê – estilo kumitê -63 kg, na Série Prata
  • Mirella Souza (E.E. Presidente Vargas – Dourados), no judô – meio-médio (-53 kg), na Série Bronze
  • Raynan Silva (E.E. Padre José Daniel – Vicentina), no karatê - estilo kumitê -52 kg, na Série Bronze
  • Thomas Kobayashi (Colégio Salesiano Dom Bosco – Três Lagoas), no karatê - estilo kumitê -45 kg, na Série Bronze
  • Mariana Yassuda (Insty Colégio e Cursos – Campo Grande) e Jamilly Cortez (Colégio Adventista – Corumbá), no xadrez – disputa feminina por equipe, na Série Ouro
  • Sami Hideo (Insty Colégio e Cursos – Campo Grande) e Arthur Neres (E.E. Prof. João Magiano Pinto – Três Lagoas), no xadrez – disputa masculina por equipe, na Série Bronze
  • Basquetebol feminino (Educandário Santa Clara/Preve Objetivo - Paranaíba) – Série Bronze
  • Vicenzo Pisciottano (Colégio Oswaldo Tognini/Funlec - Campo Grande), no wrestling - estilo livre (-75 kg), na Série Bronze
  • Ryan Samuel Brandão (E.M. Prof. Arlindo Lima - Campo Grande), no wrestling - estilo greco-romano (-44 kg), na Série Bronze
  • Alexssander da Silva Ribeiro (E.E. Eduardo Batista Amorim – Ribas do Rio Pardo), no atletismo – salto em distância, na Série Ouro
  • Paulo Henrique Teles (E.M. José Mauro Messias da Silva - Campo Grande), no atletismo - salto em altura, na Série Ouro
  • Daniel Campos (Escola Prof. Lourival Martins Fagundes/Funlec - Campo Grande), na natação - 50m peito, na Série Prata

11 MEDALHAS DE PRATA

  • Antonio Salvaterra (E.E. Joelina de Almeida Xavier – Campo Grande), no judô - meio-médio (-53 kg), na Série Prata
  • Ronisson Carvalho (E.E. Antônio João Ribeiro – Itaporã), no judô – médio (-60 kg), na Série Bronze
  • Vitória Martini (E.E. Antonio João Ribeiro – Itaporã), no judô – meio-leve (-44 kg), na Série Ouro
  • Ana Beatriz Sanches e Beatriz Sandim (Escola Sesi – Campo Grande) – vôlei de praia feminino, na Série Ouro
  • Alexssander da Silva Ribeiro (E.E. Eduardo Batista Amorim – Ribas do Rio Pardo), no atletismo – 80 metros rasos, na Série Prata
  • Cauã Vasques (E.M.P.I.M. Guarani Kaiowá - Amambai), no atletismo - lançamento do disco, na Série Ouro
  • Lucas Veiga (E.M. Carlos Drummond de Andrade - Chapadão do Sul), no atletismo - 100m com barreiras, na Série Bronze
  • Anna Julia Guerra (E.M. Profa. Flora Guimarães Rosa Pires - Campo Grande), no atletismo - 800m rasos, na Série Ouro
  • Cauã Vasques (E.M.P.I.M. Guarani Kaiowá - Amambai), no atletismo - arremesso do peso, na Série Bronze
  • Bento Geleidate (Escola Sesi - Campo Grande), na natação - 50m costas, na Série Bronze
  • Voleibol masculino (E.E. Frei João Damasceno - Caarapó) - Série Prata

26 MEDALHAS DE BRONZE

  • Guilherme Canéppele (Escola General Osório – Campo Grande), no judô – leve -48 kg), na Série Ouro
  • Isadora Pereira (E.E. Odete Ignez Resstel Villas Boas – Nioaque), no judô - meio-pesado (-64 kg), na Série Prata
  • Jheferson Glaciel da Silva (E.E. Comandante Maurício Coutinho Dutra – Sonora), no taekwondo – categoria até 61 kg
  • Kauã Yonaha (E.E. Coração de Maria – Campo Grande), no judô – ligeiro -40 kg), na Série Ouro
  • Linda Correa (E.E. Prof. Silvio Oliveira dos Santos – Campo Grande), no judô - pesado (+64 kg), na Série Ouro
  • Mariana Piveta (Escola Presbiteriana Erasmo Braga – Dourados), no judô – médio (-58 kg), na Série Ouro
  • Nicolly Antunes (E.M. Plínio Mendes dos Santos – Campo Grande), no taekwondo – categoria até 59 kg
  • Rafaela Rocha (E.E. Orcírio Thiago de Oliveira – Campo Grande), no judô - leve -48 kg, na Série Ouro
  • Thayla Moesch (E.E. Presidente Vargas – Dourados), no karatê - estilo kumitê -42 kg, na Série Prata
  • Thiago Santos (Colégio Elite/Exitus – Três Lagoas), no karatê – estilo kumitê +63 kg, na Série Bronze
  • Thiago Soares (E.M. Major Aviador Y - Juca Pirama de Almeida – Campo Grande), no judô - meio-pesado (-64 kg), na Série Ouro
  • Thomas Kobayasha (Colégio Salesiano Dom Bosco – Três Lagoas), no karatê – estilo kata, na Série Ouro
  • Guilherme Tatos (E.M. Prof. Manoel Inácio de Souza – Campo Grande), no tênis de mesa – disputa individual masculina, na Série Ouro
  • Ginástica rítmica – individual geral por equipe, na Série Bronze
  • Aryadna Wizenfad (E.E. Silvio Ferreira – Coxim), no wrestling – estilo livre feminino (-58 kg), na Série Ouro
  • Cézar Augusto Balcaçar (E.E. Silvio Ferreira - Coxim), no wrestling - estilo greco-romano (-85 kg), na Série Ouro
  • Letícia Nantes (E.M. Profª. Brígida Ferraz Foss - Campo Grande), no wrestling - no estilo livre feminino (-46 kg), na Série Prata
  • Juan Kelvin Nascimento (E.E. Silvio Ferreira - Coxim), no wrestling - estilo livre (-68 kg), na Série Bronze
  • José Antonio Escobar (E.E. Mendes Gonçalves - Ponta Porã), no atletismo - lançamento do martelo, na Série Ouro
  • Gabriel Mariano Soares (E.M. Carlos Drummond de Andrade - Chapadão do Sul), no atletismo - 100m com barreiras, na Série Prata
  • Maria Eduarda Santos (E.E. João Magiano Pinto - Três Lagoas), no atletismo - 80m com barreiras, na Série Bronze
  • Iarlei Domingues (E.M.P.I.M. Guarani Kaiowá - Amambai), no atletismo - lançamento do dardo, na Série Ouro
  • Pedro Lucas Dourado (E.E. Pedro Mendes Fontoura – Coxim), no ciclismo – prova de resistência, na Série Ouro
  • Anthony Falcão (E.E. Prof. Luiz Cavalon - Campo Grande) e Eduardo Calixto (E.E. Luiz Lopes de Carvalho - Três Lagoas), no badminton - dupla masculina, na Série Bronze
  • Elias Silva (E.M. Dr. Plínio Barbosa Martins - Campo Grande), no atletismo - 2.000m rasos, na Série Bronze
  • Handebol masculino (E.M. Dr. Eduardo Olímpio Machado - Campo Grande) - Série Prata

Experiências inesquecíveis

Os JEBs foram além das disputas nas quadras, nas pistas, na piscina, no tabuleiro e nos tatames. A bagagem mais pesada - por conta das medalhas - na volta para casa também tem momentos desfrutados na Cidade Maravilhosa, que ficarão marcados para os atletas.

 

O futsal abriu portas para as meninas indígenas da Escola Municipal Adriano Pires, de Paranhos. A viagem ao Rio rendeu capítulos para lá de especiais: nenhuma das 10 atletas da Aldeia Pirajuí jamais tinha saído do Estado, viajado de avião e visto o mar de perto. Teve passeio pela cidade, banho de água salgada e futebol na praia.Os professores Igor Tavares e Claudinei Silva, que lideraram a equipe indígena à beira da quadra, fizeram questão de assegurar os momentos de diversão às atletas. "É muito gratificante ver a felicidade delas, são momentos que vão ficar eternizados em cada uma. Quando se ensina uma criança a sonhar, ela vai longe", disse Igor.

Foi a primeira vez também que os estudantes da Escola Estadual Frei João Damasceno representaram o colégio em uma competição nacional. Doze adolescentes do distrito de Nova América, pertencente a Caarapó, levaram o nome de MS no voleibol masculino.

 

O time foi vice-campeão da Série Prata dos JEBs. "São meninos que vêm de um distrito com apenas 800 habitantes, muitos são de família carente, têm o básico para sobreviver. Então, para chegar até o Rio foi uma batalha muito difícil e isso já é uma vitória", confessou o técnico Luis Fernando Trilha, que esteve ao lado do auxiliar Tassiano Fragoso.

"Foi a primeira vez que quase todo mundo saiu do Estado", disse o atleta Luiz Henrique Medrado, 13 anos, que não escondeu o sorriso nas arenas do Parque Olímpico do Rio, palco da Olimpíada de 2016. "O que levo do Rio é a diversão de jogar com os amigos", completou.Mais do que a experiência inédita de entrar em um avião, conhecer o mar e alguns dos pontos turísticos da Cidade Maravilhosa, e do intercâmbio cultural com participantes de várias partes do país, os jovens sul-mato-grossenses acompanharam de perto duas das principais equipes profissionais de vôlei feminino do Brasil.

No ginásio do Tijuca Tênis Clube, os atletas de Caarapó assistiram das arquibancadas à partida entre o Sesc/Flamengo (RJ), do técnico Bernardinho, e Barueri (SP), comandado por José Roberto Guimarães, válida pela Superliga Feminina de Vôlei.

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV