CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 21 de novembro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Claro e Londres disputam presidência e Corrêa não abre mão da 1ª secretaria na Assembleia

 


Os deputados estaduais Gerson Claro e Londres Machado, ambos do PP, disputam a presidência da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) que, apesar de ser definida durante eleição da Mesa Diretora somente em fevereiro de 2023, já é alvo de reuniões na Casa. A senadora eleita Tereza Cristina, líder do partido, estaria mediando a situação.

Atual presidente, Paulo Corrêa (PSDB) não deve deixar a Mesa. Com a maior bancada eleita, o partido dos tucanos quer manter a 1ª Secretaria, considerada a mais importante da Assembleia Legislativa, por gerir a folha de pagamento da Assembleia, fazer indicações de recursos financeiros para abertura de crédito ao Poder Legislativo, entre outras funções.

Nesta segunda-feira (21), o deputado Gerson Claro disse entender que acredita ser 'natural' que o Partido Progressistas pleiteie o cargo da presidência da Casa. "Nós apoiamos o governo e temos a senadora eleita Tereza Cristina. Ainda vai acontecer em fevereiro a eleição. Estamos tratando esse assunto dentro do PP primeiro. Eu, Londres e Tereza", comentou.

 

Presidente não precisa ser do PSDB

Governador, Reinaldo Azambuja (PSDB) não descartou nesta segunda-feira que a presidência seja de outro partido e acabou endossando indiretamente o nome de Gerson Claro, que atuou como líder do governo tucano na Casa.

"Democracia é isso, é a junção de forças e pensamentos. Já tivemos um mandato que o presidente da Casa não era do meu partido e tivemos uma excelente relação com a Assembleia. As matérias essenciais firam aprovadas. Não tem que ser necessariamente do PSDB".

Gerson Claro assumiu a liderança do governo na Assembleia em 2020, quando Barbosinha, atual vice-governador eleito, deixou o cargo.

 

No entanto, Reinaldo pontuou que a eleição é que define a composição da Mesa. "Não vai ser o apoio do governador que vai definir a eleição. Vai ser a decisão do colegiado", disse.

E é apostando nessa união que o atual presidente Paulo Corrêa (PSDB) não descarta se manter na 1ª Secretaria. "O presidente acredita que o bom mandato lhe garantiria ficar com a 1ª Secretaria e espera esse apoio", confessou um correligionário".

Presidente estadual dos tucanos, Azambuja defende que o PSDB ocupe espaços na Mesa. "Com a maior bancada, o partido tem mais força para discutir os espaços da Casa", reforçou.

 

Eleição

A Mesa Diretora é eleita por previsão do artigo 25 do Regimento Interno da Alems na primeira sessão do ano, em fevereiro. São eleitos o presidente, vice-presidente, e cargos de 2ª e 3ª vice-presidência.

Também cargos para 1ª Secretaria, 2ª secretaria e 3ª secretaria. Compete à Mesa Diretora da Alems, que é composta por presidência e secretaria, a direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Casa de Leis. Todos os parlamentares, por meio de votação nominal e aberta votam nos componentes da Mesa Diretora, e os eleitos cumprem então um mandato de dois anos, com a recondução permitida.

segunda-feira, 21 de novembro de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV