CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 12 de julho de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Dono e funcionária de funerária são amarrados e agredidos durante assalto

 


O dono e a funcionária de uma funerária em Paraíso das Águas, cidade a 277 quilômetros de Campo Grande, foram amarrados e agredidos durante um assalto na manhã desta terça-feira (12). Quatro pessoas foram presas e a polícia investiga se crime foi ordenado por interno do Estabelecimento Penal Jair Ferreira De Carvalho, presídio de segurança máxima da Capital. Conforme o registro policial, o proprietário do local ligou para a polícia para dizer que havia sido assaltado. Os policiais foram até a funerária e o homem contou que estava fazendo cobranças pela cidade e quando voltou para o escritório foi abordado por um dos assaltantes que estava com uma espingarda calibre 12.

O empresário foi então levado para a casa que fica nos fundos da funerária e quando chegou viu sua funcionária amarrada. No local havia outro assaltante. O homem também foi amarrado e amordaçado pelos bandidos.

No relato, o empresário contou ainda que os criminosos perguntavam por um cofre enquanto o agrediam com socos e chutes no abdome. Um dos assaltantes passou todo o tempo no telefone e recebiam as ordens para que batessem na vítima com coronhadas.

Após um tempo, os criminosos desistiram de achar o cofre e pegaram joias, os celulares das vítimas, dinheiro do caixa e fugiram em uma motocicleta Honda Bros, da empresa. O dono do local e a funcionária conseguiram se soltar e então acionaram a polícia. Motocicleta localizada – Em buscas pelos assaltantes a equipe da Polícia Civil encontrou a motocicleta roubada já na saída da cidade. O suspeito, identificado como Dionatan Silva dos Santos, 23 anos, estava tentando ligar o veículo e acabou sendo abordado. Ele tentou fugir, mas foi pego por um dos policiais e foi contido e algemado.

Ao ser questionado sobre o crime, Dionatan contou que estava com um comparsa, identificado como Willyan Francisley Leite Aguirre, 18 anos e que este estaria na casa de uma mulher identificada como Fernanda Gomes de Morais, 29 anos.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, os policiais foram então até a casa e no local foram atendidos pela Fernanda que informou estar dormindo e não sabia o que estava acontecendo. Na residência também estava Amanda Carvalho Moura, 19 anos, namorada de Willyan.

Três presos – Os policiais então fizeram buscas e em uma quitinete nos fundos da casa encontraram Willyan com a espingarda calibre 12, usada no crime. No local também foram encontradas porções de pasta base e Fernanda teria afirmado que seriam para o seu consumo, mas ela já estava sendo investigada por tráfico de drogas. Fernanda contou ainda que conheceu Willyan e Amanda durante uma visita ao seu convivente, identificado apenas como Gringo, no presídio de segurança Máxima de Campo Grande e que o casal estava morando com ele há uma semana, levantando a hipótese de também estar envolvida no assalto.

Todos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde o caso foi registrado como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima, pelo concurso de pessoas e por uso de arma de fogo. Além de favorecimento pessoal e tráfico de drogas. A polícia também investiga se o interno identificado como Gringo era quem dava as ordens por telefone aos assaltantes.

CGNews

terça-feira, 12 de julho de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV