CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 11 de novembro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Para tirar viajantes do sufoco, empresário aluga mala por 28 dias

 

Clientes da empresa com as malas do estoque.(Foto: Arquivo pessoal) 


O ramo de locação abrange diversos segmentos e hoje as pessoas conseguem alugar roupas, acessórios, veículos, eletrodomésticos, imóveis e até colchão. Em Campo Grande, a última novidade é o aluguel de malas, para quem quer voltar a viajar, sem gastar, no mínimo, R$ 150,00 em uma mala pequena no Camelódromo. 

Mas a locação só compensa se for para viagens curtas, ou se você precisar, uma vez na vida, de um tamanho específico, que ainda não tem no armário. 

Crianças com as malas do setor infantil alugadas por Bruno.(Foto: Arquivo pessoa) 

Dono da empresa “Vai di Mala”, Bruno Garcia, 40 anos, começou o negócio neste ano e, de julho para cá, viu a procura do público crescer. Agora faz planos de expandir a empresa para outros estados.

A pandemia foi difícil para o empresário, que vendeu uma barbearia e um restaurante. Aí, teve de pensar em algo novo. 

Durante as viagens que realizava, Bruno começou a reparar que as pessoas no aeroporto circulavam com malas desgastadas, feias, sem qualidade e, às vezes, utilizavam sacolas e caixas para guardar os pertences pessoais. 

Com o propósito de desenvolver algo que fosse útil, o empresário decidiu investir na compra de malas e começou a oferecer. “Queria investir em algo com custo baixo e sustentável”, comenta.

Sobre a primeira pergunta que deve aparecer na cabeça da maioria, em relação às perdas com esse tipo de negócio, ele diz que quase não tem prejuízos com os estragos das malas nos percursos. "Em 8 meses só a rodinha de uma mala e a alça de outra estragou".

O estoque inicial dispunha 30 peças, contudo, Bruno começou a comprar mais e agora estabeleceu uma meta para o final do ano. “Comprei as primeiras em dezembro de 2020 e comecei com 23 em março. Criamos o nome, logo, hoje estou com 50 e a meta é chegar a 100 até dezembro”, fala.

Cliente com três das malas da empresa nas cores cinza, azul e rosa.(Foto: Arquivo pessoal) - 

Com diversos estilos, cores e tamanhos do P ao G, as bagagens podem ser locadas pelos clientes pelo período mínimo de cinco dias e máximo de 28 dias. Por exemplo, o aluguel para cinco dias é R$ 50, oito dias R$ 75, 14 dias R$ 100 e 28 dias R$ 150. Em todas essas opções o cliente ganha mais dois dias de bônus. “Temos malas para atender desde uma pessoa adulta até as crianças. Como é uma empresa nova tem promoção para todos os tamanhos. Isso é válido até 31 de dezembro”, afirma.

De acordo com Bruno, as malas passam por um processo de higienização e checagem para garantir que o produto não será alugado com defeito. “Sempre que volta nós higienizamos, colocamos um cheiro e mandamos para o cliente novo. Dependendo do perfil, coloco copo personalizado, doce, tudo para ela comemorar o momento antes da viagem”, conta.

Para quem ouviu que a empresa era uma loucura, o empresário revela que está com a agenda cheia para o próximo ano. “No começo falavam que eu era louco de alugar mala, mas tá bombando e todo feriado tem mala alugada. Alugo para Campo Grande, Aquidauana, Rio Verde e tem reserva até para o carnaval”, diz animado.

A expectativa para 2022 é expandir a empresa para outras regiões. “Eu tenho amigos empreendedores com quem estou conversando. Queremos investir em outros lugares como Sinop (MT), Rondonópolis (MT), Florianópolis (SC) e Londrina (PR)”, conclui. 

CAMPO GRANDE NEWS

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv