CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 1 de setembro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Mulher acusada de matar marido após ver 'chupão' no pescoço é levada para júri

 


Acontece no dia 9 de setembro pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, o julgamento uma mulher acusada de matar o marido. A vítima, Ednei Moura de Oliveira Rocha foi assassinado a golpe de faca pela esposa em frente dos filhos, de 8 e 6 anos. 

O crime aconteceu no dia 4 de agosto de 2018, no bairro Jardim Santa Emília em Campo Grande quando ela retornava do trabalho e avistou a vítima bebendo num bar da região e foi buscá-lo.

Eles discutiram no percurso para casa e, quando chegaram, a vítima estava nervosa e passou a chutar o portão. A mulher teria visto um "chupão" no pescoço do companheiro e teria ficado com ciúmes. Em dado momento, ela pegou uma faca e atingiu golpes na vítima, causando sua morte.

Segundo a acusação, ela teria matado o companheiro por suspeitar que ele a estivesse traindo e, também, por ele ingerir bebida alcoólica em grande quantidade. A acusada defende que o crime foi praticado por legítima defesa, tentando se defender dele que já a teria agredido em outras oportunidades. Ela será submetida a julgamento por homicídio simples.

Também estão pautados para o mês de setembro o julgamento de um policial militar acusado de matar um adolescente de 17 anos em um bar de Campo Grande. A sessão está marcada para o dia 14 de setembro, pela 1ª Vara do Tribunal do Júri. Já no dia 24 de setembro, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri, vai a julgamento um moto entregador acusado de matar um colega de trabalho.

Outro julgamento marcado para o dia 3 é de um homem acusado de matar a ex-mulher e enterrar o corpo da vítima. O corpo foi encontrado no dia 1º de maio de 2020, em uma residência localizada no bairro Morada Verde, na Capital. Ele responde ao processo junto a uma mulher acusada de o auxiliar na fraude do local do homicídio, no entanto, como ela está foragida, somente o acusado será submetido a julgamento nesse momento.

O ex-companheiro será julgado acusado de cometer homicídio qualificado por meio cruel e feminicídio em situação de violência doméstica e familiar, além de ocultação de cadáver e fraude processual.

O julgamento está previsto para ter início às 8 horas, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. O acesso ao plenário se faz mediante regras de biossegurança definidas pelo juízo da vara. O réu está preso preventivamente.

A Critica

quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv