CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 2 de agosto de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Peste Suína Africana: COOASGO alerta Suinocultores para reforço na biosseguridade

 


Primeiro caso da doença foi registrado nas Américas e põe o setor produtivo em alerta no Brasil para a intensificação dos cuidados preventivos em evitar a contaminação de granjas livres.

Foi diagnosticado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), o primeiro registro de Peste Suína Africana nas Américas. O caso, confirmado na República Dominicana, põe o setor produtivo em alerta no Brasil e exige uma intensificação dos cuidados preventivos.

Sabendo do enorme potencial de prejuízo econômico desta doença, que foi responsável pela morte de milhões de suínos desde o final de 2018, atingindo vários países asiáticos e na Europa é que a COOASGO, por meio de seu Departamento Técnico de Suinocultura reforça o pedido com foco nos Suinocultores, para os cuidados relacionados a biosseguridade, a fim de preservarmos o nosso plantel produtivo.

Para tanto, seguem abaixo algumas práticas diárias que devem ser adotadas durante o trabalho nas granjas.

– Realizar a troca de roupas e calçados antes de entrar nas propriedades;

– Nas propriedades onde já existe cerca e barreira sanitária: respeitar área limpa e área suja; o banho é obrigatório onde há condições para tal.

– É extremamente proibida a entrada de terceiros nas granjas: Só deve entrar na granja as pessoas que trabalham nela e os profissionais autorizados pela COOASGO (técnicos que prestam assistência, vacinadores e equipe de campo Aurora).

– Reforçamos o pedido: o hábito da caça, praticada tanto na forma de esporte, quanto de lazer, não se relaciona com a Suinocultura; É extremamente proibido ter qualquer tipo de criação de suínos na propriedade que não seja a da própria granja.

Obs: Muitos plantéis de suínos foram infectados na Europa através de produtores/trabalhadores com o hábito de caça, que acabaram por disseminar a doença da Peste Suína Africana por meio de suínos selvagens que estavam infectados e foram levados para dentro das granjas.

A COOASGO por meio de seu Departamento de Suinocultura, conta com o apoio e a colaboração de todos na intensificação das medidas preventivas de Bisseguridade das granjas, afim de mantermos nosso plantel sadio e livre de doenças.

Para mais informações sobre o assunto, o telefone para contato é o (67) 3295-8000.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Cooasgo

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv