CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 9 de julho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Em parceria com Estácio de Sá, Agepen amplia ensino superior e abre oportunidade para estágio supervisionado em presídios

 


A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) firmou mais uma parceria que vai ampliar o oferecimento de educação superior nas unidades penais de Campo Grande. O convênio foi firmado com a Faculdade Estácio de Sá, que visa oferecer graduação na modalidade à distância aos reeducandos do Instituto Penal de Campo Grande.

A intenção é expandir a atuação integrada das instituições envolvidas para a realização dos estágios supervisionados de cursos como Educação Física, Direito e Psicologia dentro das unidades penais.

De acordo com a diretora-geral da Estácio de Sá, Danieli Aparecida Pedroso Marcondes Biacio, a possibilidade de ampliar o campo de estágio vai transformar a vida dos alunos, dando mais condições e vivência do que aprendem em sala de aula.

“Temos como missão educar para transformar e tenho certeza que será um ganho, uma via de mão dupla em que a gente vai poder cooperar com a reintegração desses internos e a oportunidade dos alunos estarem exercendo sua profissão na prática”, ressaltou Danieli.

O dirigente da Agepen destaca que esta parceria abre o leque de novas possibilidades de atuação integrada.

Os estágios supervisionados serão realizados conforme demanda apresentada pela agência penitenciária, respeitando os protocolos de biossegurança de enfrentamento à pandemia.

Para o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, a busca constante por novas oportunidades de ressocialização aos apenados garante mais dignidade durante o cumprimento de pena e aproxima a sociedade das ações desenvolvidas dentro do sistema prisional.

Educação

Atualmente, o oferecimento de ensino regular acontece de forma remota por conta pandemia, com distribuição das atividades impressas aos internos.

É realidade em 28 unidades prisionais da capital e interior, proporcionando formação escolar a 1.475 homens e mulheres em privação de liberdade.

Conforme os dados apresentados pela Divisão de Assistência Educacional da Agepen, destes reeducandos, 1.079 estão cursando o Ensino Fundamental; 345 o Ensino Médio; 50 o Ensino Superior; e um está na pós-graduação.

Somente no IPCG, 18 internos estão cursando ensino superior; destes, três são pela Estácio e o restante são por meio de convênio com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Também participaram da assinatura do Termo de Cooperação, a diretora de Assistência Penitenciária, Elaine Arima; e a chefe da Divisão de Educação, Rita de Cássia Argolo; as quais são responsáveis pela coordenação dos trabalhos.

Texto e Fotos: Tatyane Santinoni

sexta-feira, 9 de julho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv