CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 6 de julho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Amigas encontradas mortas em rodovia foram envenenadas e uma grande soma de dinheiro foi encontrada na conta de uma delas

 


O caso das amigas Júlia e Cláudia, que foram mortas após ir a uma festa na comunidade do Paraisópolis (SP) teve uma reviravolta e mais questões estão sendo levantadas.

A polícia teve acesso ao celular de Júlia e foram encontradas fotos da jovem segurando um fuzil, que despertou a curiosidade da investigação. Agora, querem descobrir com quem ela tinha envolvimento.Outro fato que despertou desconfiança da família e dos investigadores foi uma grande quantia, não revelada, de dinheiro nas contas de Júlia. De acordo com relatos, a jovem sempre dizia que estava endividada. A polícia aguarda a quebra de sigilo bancário de Júlia para saber a origem do dinheiro.

No laudo pericial, não foi possível constatar o que causou a morte das jovens. O resultado do exame toxicológico ainda está sendo aguardado .

Com uma denúncia anônima, a polícia conseguiu encontrar o cativeiro onde Júlia e Cláudia foram levadas após a festa. A suposição é que elas permaneceram no local de dois a quatro dias.

A investigação suspeita que nesse período foram administradas pequenas doses de veneno. Ou seja, elas foram envenenadas lentamente e após uma ordem foi dada uma dose letal.

Patrícia Vega, advogada da família das jovens, explicou que esse tipo de ação não é o modus operandi comum das facções criminosas e acaba dificultando as investigações.

A família de Júlia quer que os culpados sejam encontrados e que paguem pela morte das jovens. O principal suspeito é o chefe do tráfico de Paraisópolis (SP).

A polícia acredita que com a prisão do suspeito, o caso será solucionado.

terça-feira, 6 de julho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv