CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 9 de junho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Homem achado morto dentro de carro submerso teria matado outra pessoa em cidade vizinha e fugido

 

Momento em que os policiais chegaram e usaram iluminação externa para achar o veículo — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de Paraíso das Águas e Rochedo, na região norte do estado, ao trocar informações sobre um veículo, que poderia estar com uma pessoa desaparecida, descobriu o que estão chamando de "história de filme", após 6 dias ininterruptas de buscas. Nessa terça-feira (8), parte do enredo foi descoberto, com a retirada do corpo no carro submerso no rio São João, em Rochedo, a 84 km de Campo Grande. 

Segundo o delegado Roberto Faria, que atua no caso, a investigação apontou que, há alguns dias, um homem, de 33 anos, recebeu uma quantia em dinheiro e estava em um bar, quando conheceu outro dois homens, de 37 e 44 anos. Estes, seriam moradores de Rochedo e foram até Paraíso das Águas, no veículo gol branco.

Neste bar, o trio fez amizade e os dois homens chamaram o morador de Paraíso das Águas para irem até uma casa de prostituição. Eles foram em um primeiro local, seguiram para outro mais distante, até que um desentendimento teria ocorrido e os dois teriam assassinado o rapaz, segundo a polícia

A polícia passou a procurar pelo desaparecido e, inicialmente, acreditou que poderia se tratar de um latrocínio, já que receberam a informação de que ele estava com uma certa quantia em dinheiro e sumiu. Horas depois, ainda conforme a polícia, souberam do carro que teria caído no córrego e foram até o local, quando houve o encontro de equipes de Paraíso das Águas e Rochedo, além de bombeiros, peritos criminais e a funerária.

Bombeiros ajudando no resgate do corpo em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação


"O homem que estava dirigindo o carro, de 37 anos, é quem sobreviveu. Ele estava dirigindo bêbado, sem CNH [Carteira Nacional de Habilitação] e caiu com o carro no rio. O comparsa dele morreu e o sobrevivente então foi para estrada, pedir carona. As testemunhas disseram que ele falava que o carro quebrou e queria uma carona, porém, muita gente estranhou o fato dele estar todo molhado", afirmou o delegado. 

Com as buscas, os policiais conseguiram prendê-lo e o suspeito então confessou que, antes do acidente, ele e o amigo tinham assassinado, a facadas, o homem de 33 anos. Em seguida, fugiram, houve o acidente e o homem de 44 anos também morreu.

"A Polícia de Paraíso das Águas, sob a responsabilidade do delegado Felipe Potter, está agora fazendo buscas com o preso. Ele foi indiciado homicídio, tanto do homem que estava no banco do passageiro, como do outro morto a facadas. E os policiais agora fazem buscas pelo corpo do desaparecido", finalizou Faria.

TV Morena


quarta-feira, 9 de junho de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv