CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 21 de junho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Está com medo da vacina? Cicatriz no braço está aí pra provar que reação é normal

 


Desde o ano passado, início da pandemia da covid-19, nunca se falou tanto em vacina igual agora. 

Tomados pelo medo, muitos acreditam que vacinar não traz benefícios e até recusaram tomar a vacina contra doença. No entanto, mais do que proteger a si próprio, quando você se vacina, ajuda a controlar e até mesmo a erradicar muitas doenças causadas por vírus e bactérias. 

Além disso, a imunização em massa impede que milhões de mortes aconteçam todos os anos.

Nesta semana, foi comemorado o Dia Nacional da Imunização. A data foi criada com objetivo de conscientizar a sociedade sobre o bem que as vacinas fazem para a saúde das pessoas.
A médica imunologista Maria das Graças de Melo Teixeira Spengler esclarece alguns mitos e verdades sobre o assunto. 
Segundo ela, as vacinas são extremamente importantes, pois estimulam a produção de nossas defesas por anticorpos específicos. 

“Assim, elas ensinam o nosso organismo a se defender de forma eficaz e quando o ataque de verdade acontece a defesa é reativada por meio da memória do sistema imunológico. É isso que vai fazer com que a ação “inimiga” seja muito limitada ou, como acontece na maioria das vezes, totalmente eliminada antes que a doença seja instada”, defende. Além disso, a médica pontua que não é somente as crianças que precisam seguir o Calendário Nacional de Vacinação.

“A maioria das vacinas são iniciadas na infância seguindo o Calendário Nacional de Imunizações, porém, há algumas específicas para outras faixas etárias como adolescentes, adultos, gestantes, idosos e para situações especiais, como a atual pandemia da Covid-19”, reforça. 

Maria destaca que a vacinação em grande escala, conforme a Organização Mundial de Saúde evita cerca de 2 a 3 milhões de mortes a cada ano. 

Desde que teve início a vacinação contra covid, muitas pessoas relataram reações e algumas chegaram a ficar com medo, entretanto, a imunologista destaca que é normal. 

“Algumas vacinas podem provocar eventos adversos com certa frequência, mas geralmente são leves ou moderados, como dor no local da aplicação, mal-estar, cefaleia, fadiga, febre, calafrios, náuseas e dores nas articulações. As reações mais graves são raríssimas”, defende. Ao contrário do que muita gente vem dizendo, vacinas não causam doenças e a vacinação é a única forma de prevenir uma doença. 

“Um estilo de vida saudável e hábitos básicos de higiene são vitais. Mas não substituem a vacinação. O imunizante serve justamente para que as pessoas continuem saudáveis e livres de infecções mais pesadas”, finaliza. 

Topmidianews

segunda-feira, 21 de junho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv