CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 27 de maio de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Homem é libertado após ficar 33 anos preso por assassinato que não cometeu

 Gilbert Lee Poole foi inocentado de ter cometido assassinato - Reprodução/FOX2

Gilbert Lee Poole foi preso quando Ronald Reagan ainda era presidente dos Estados Unidos, e permaneceu na prisão por 33 anos. Ele havia sido acusado de ter cometido um assassinato e foi condenado pelo crime. Entretanto, investigações recentes mostraram que ele não tinha relação com o ocorrido.

Em 1988, um homem chamado Robert Mejia, 35, foi morto a facadas na cidade de Pontiac, no estado de Michigan. Poole, que tinha 22 anos na época, foi acusado de matar Meija, com marcas de dente encontradas no corpo da vítima sendo usadas como prova da autoria. O escritório da procuradoria-geral de Michigan revisou o caso e disse que a comparação de marcas de mordida não tinha base científica e o testemunho de um suposto especialista foi contestado.

"Tudo estava errado nesse caso", disse Marla Mitchell-Cichon, advogada de Poole, à emissora FOX2.

Novos testes de DNA, que não estavam disponíveis quando Poole foi condenado, revelaram novas evidências de que outra pessoa brigou com Robert Mejia e o matou.

"Se pedimos para as cortes anularem uma sentença e inocentar uma pessoa, então temos 100% de certeza que a pessoa é a inocente. E no caso do senhor Poole, isso é a verdade", disse a Procuradora-Geral do Michigan, Dana Nessel, que comemorou a libertação.

"Agora preciso descobrir como navegar um mundo que não vejo há 33 anos", disse o homem, visivelmente emocionado.

uol

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv