CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 28 de abril de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Rio Verde-MS: Polícia conclui inquérito de homem que 'atropelou de propósito' e matou atual da ex, além de ferir bebê.

 


A Polícia Civil concluiu o inquérito que investigava um atropelamento "de propósito", no qual um homem de 51 anos atingiu e matou o atual da ex-companheira, além de ferir um bebê de 2 meses. O suspeito foi preso após seis dias e alegou que "deu um branco" no momento do acidente, em Rio Verde, a 201 km de Campo Grande.

Ao G1 o delegado Gabriel Cardoso, responsável pelas investigações, disse que ainda aguarda laudos periciais, porém, o documento já foi enviado ao Ministério Público. 

"Nós concluímos no prazo de dez dias e com o réu preso. Faltaram os laudos, mas, serão enviados ao juízo e, caso o promotor entenda necessário, será realizada 

a reprodução simulada dos fatos para constatar que o motorista tinha condições de visibilidade da via e do carrinho de bebê", explicou.

Ainda conforme o delegado, a convicção da polícia é de um fato proposital, principalmente por conta da proximidade do atropelamento com as vítimas. "O que 

poderia ser questionado é se ele pretendia acertar a ex companheira que estava na calçada. Entendemos que sim, nem que seja pelo dolo eventual, de que não queria, mas, assumiu o risco. Caso não se convençam, indicamos da possibilidade da reconstituição 

dos fatos", argumentou Cardoso.

Suspeito se escondeu na área rural

O suspeito foi encontrado na área rural da cidade, após 6 dias de buscas. Para achar o homem, foi desencadeada um força-tarefa realizada pelas forças policiais, polícia Civil e polícia Militar. Ele foi levado para um presídio em Coxim e indiciado pelos crimes.

A operação de busca foi batizada de "Elishebba", em homenagem à bebê, vítima do acidente. Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa, em Campo Grande, nesta quarta-feira (28), a vítima foi levada de ambulância avançada com quadro de politrauma. Ela segue internada na enfermaria pediátrica, sendo alimentada por sonda.

Entenda o caso

O caso ocorreu na tarde do dia 13 de abril. Conforme a investigação, a homem não aceita o fim do relacionamento e por isso atropelou a ex no momento em que ela estava acompanhada do atual companheiro, além de um bebê de 2 meses, em uma rua de Rio Verde, na região norte do estado.

A mulher não teve ferimentos graves, mas, o atual namorado dela, de 30 anos, morreu. 

No depoimento, a vítima de 36 anos disse que estava separada do companheiro há 3 anos. 

Ela inclusive teria se mudado da fazenda para a cidade. No entanto, o ex continuou trabalhando na área rural, porém, ia na cidade com frequência e dizia que não iria aceitar "nenhum outro homem entrar na casa". Mesmo assim, a vítima continuou a manter o atual 

namoro e ficou grávida. O casal teve uma filha, que está com 2 meses de idade. No dia do crime, ele presenciou a ex andando na rua e levando um carrinho de bebê, na companhia do atual. Em seguida, ainda conforme a polícia, ele acelerou o carro e atingiu as vítimas.

Segundo o depoimento da sobrevivente, que afirmou não estar mais junto do ex há 3 anos, 

o suspeito foi na casa dela e, transtornado, pegou uma faca e afirmou que mataria as 

pessoas ali presentes.

G1


quarta-feira, 28 de abril de 2021

Anúncios

https://picasion.com/

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv