CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Cidades de MS seguem Governo e prorrogam suspensão de aulas presenciais

 

(Foto: Divulgação / PMCG)

Após o anúncio do governo de Mato Grosso do Sul sobre a volta das aulas, prefeituras dos municípios começaram a prorrogar as suspensões das aulas presenciais nas respectivas redes municipais. As primeiras publicações aconteceram na edição de sexta-feira (26) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

O Governo de MS anunciou na quinta-feira (26), que as aulas da rede estadual voltam remotas, mas migram para sistema híbrido em abril. Não diferente, os municípios do interior prorrogaram por certa de um mês a suspensão da presencialidade nas escolas da rede municipal. 

As prefeituras de Aparecida do Taboado, Laguna Carapã e Sete Quedas delimitaram a suspensão até o dia 31 de março. Já a de Sonora prorrogou até o dia 1º de abril o decreto. Em Figueirão, o decreto da prefeitura, apesar de dispor “sobre a suspensão das aulas presenciais”, consta como autorizado a substituição da presencialidade pela  modalidade remota também até o dia 1º de abril.Diferente das cidades citadas, a prefeitura de Naviraí estendeu a suspensão de 1º de março até o dia 1º de maio. Já em Brasilândia o período de prorrogação foi de quatro meses, até o dia 1º de Julho.

Remoto ou híbrido

Já em Três Lagoas, os pais e responsáveis é que decidirão qual a forma que as crianças voltarão a estudar: de forma totalmente remota ou com o ensino híbrido. Será assinado uma declaração para que as unidades escolares se organizem para receber os alunos que farão o ensino misto.

No âmbito estadual, conforme explicou na quinta-feira (25), a secretária Maria Cecília Mota, a SED (Secretaria de Estado de Educação) está preparada para o ensino híbrido desde novembro, mas dependia do cenário diante da pandemia para promover o retorno gradual dos alunos às salas de aula.

“Poderíamos voltar com o ensino híbrido na segunda-feira, mas o Estado trabalha com os municípios e resolveu atender aos pedidos da maioria dos prefeitos. Diante disso, o ensino híbrido começa em abril”, disse a secretária em coletiva de imprensa.

Midiamaxnews

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv