CIDADES
INTERNACIONAL
sábado, 12 de dezembro de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Em 9 meses, COVID-19 já matou 16 pessoas de Rio Verde.

 


 

Há nove meses, no 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou oficialmente que a Covid-19, causada pelo então quase desconhecido vírus Sars-Cov-2, estava em estado de pandemia.

Nesse período, a doença apagou a história de 16 pessoas em Rio Verde. Em 27 de março, Rio Verde registrava o primeiro caso confirmado de coronavirus na cidade. o caso era de um homem de 36 anos, infectado em São Paulo, que  foi curado da doença.

No 31 de março de 2020, o Estado registrava o primeiro óbito decorrente do novo coronavírus. Se tratava de uma moradora de Batayporã.

Em 21 de julho ocorreu a primeira morte por coronavirus em Rio Verde, um homem, de 81 anos, que também tinha comorbidades doença cardiovascular crônica.

ATUALIZAÇÃO.

Em boletim da Secretaria Municipal de Saúde deste sábado, 12 de dezembro de 2020, registrou 381 casos confirmados de Covid-19, sendo 327 curados, 27 em isolamento domiciliar, 04* internados (02* em Rio Verde e 02* em Campo Grande) e 16 óbitos. 


              

No dia de março de 2020, o Estado de MS registrou os dois primeiros casos do novo coronavírus na capital, Campo Grande. Se tratava de uma mulher de 23 anos que teve contato com um caso positivo do Rio de Janeiro, e um homem de 31 anos que tinha retornado recentemente de Londres, Inglaterra. No 31 de março de 2020, O Estado registrava o primeiro óbito decorrente do novo coronavírus. Se tratava de uma moradora de Batayporã. A paciente era uma idosa de 64 anos, portadora de uma doença pulmonar obstrutiva crônica.

Mato Grosso do Sul já soma 112.876 casos confirmados de Covid-19, com 1.541 novos registros neste sábado (12).

Foram registradas 16 novas mortes no estado, conforme o boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Com os 16 novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 1.913 mortes desde o início da pandemia. Os novos óbitos foram registrados em Caarapó, Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Nioaque, Maracaju, São Gabriel do Oeste, Anastácio e Dourados.

VACINA PARA POPULAÇÃO.

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, divulgou neste sábado (12) ofício enviado a ele em que o Ministério da Saúde apresenta, em um documento de 93 páginas, um plano nacional para vacinação da população contra a Covid-19. O Ministério da Saúde considerou como grupos prioritários na primeira fase da vacinação trabalhadores dos serviços de saúde, pessoas a partir de 80 anos, depois de 75 a 79 anos, e indígenas.

Na segunda fase, pessoas de 70 a 74 anos, de 65 a 69 anos e de 60 a 64 anos.

Na terceira fase, estão pessoas com comorbidades (diabetes mellitus; hipertensão; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; obesidade grave).

Na quarta e última estão professores, nível básico ao superior, forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional.


sábado, 12 de dezembro de 2020

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

FIQUE EM CASA

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv