CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 9 de outubro de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Incêndios: 25 fazendas já foram atingidas pelas chamas nas regiões de São Gabriel do Oeste e Camapuã

 


Centenas de cabeça de gado foram flagradas fugindo de um grande incêndio que já atingiu cerca de 25 fazendas nos municípios de Camapuã e São Gabriel do Oeste, ambos no norte do Mato Grosso do Sul.

Segundo a médica veterinária, Andréia Faustino, o vídeo dos animais fugindo do fogo feito na última terça-feira (6) pelo marido dela, proprietário rural da região, mostrou o trabalho intenso de famílias que correm contra o tempo para salvar seus animais e conter as chamas.

“Essa quantidade de gado é da fazenda vizinha a nossa propriedade. Tiveram que cortar cercas para que os animais pudessem escapar. Acredito que alguns não conseguiram e aí aparece mais prejuízos”, explicou

 

 

Andréia conta que o esposo que trabalha no ramo rural há muitos anos ressaltou que nunca viu um incêndio dessa proporção: “Eles estão fazendo de tudo para tentar conter as chamas. Produtores da região se uniram e em uma força-tarefa trabalham exaustivamente para salvar anos de trabalho. É uma cadeia de serviços que está sendo prejudica”, lamenta.

Segundo o tenente-coronel Fernando Carminati, do Corpo de Bombeiros, militares da corporação junto com a Força Nacional, estão no combate ao incêndio que atinge propriedades rurais entre as duas cidades.

Serra é tomada pelo fogo em Camapuã. — Foto: Suzana Rezende Souza

 

De acordo com Caminati, foram enviados 30 militares de Campo Grande para ajudar no combate ao ao fogo, que acontece desde o último domingo (4). Entre as duas cidades não há batalhão dos Bombeiros. Dois aviões também estão sendo utilizados na operação de combate ao incêndio.

De acordo com Suzana Rezende Souza, a propriedade rural da família dela, de 3 mil hectares, também foi atingida pelas chamas e que proprietários rurais trabalham dia e noite para ajudar a conter o fogo.

Fogo se aproxima de sede de fazenda na região de Camapuã (MS). — Foto: Suzana Rezende Souza

 

“Na nossa fazenda, apenas 400 hectares não foi tomada pelo fogo. Por ser rodeada por serras, chamas chegaram aqui de várias vertentes o que fez consumir muito rápido os pastos”, ainda acrescentou:

“Na fazenda ao lado da nossa, onde o fogo também entrou pelo barranco do rio, morreram muitos animais e muitos estão em estado grave por estarem inalando a fumaça. Essa [propriedade rural] não escapou nada, queimou tudo. Só sobrou os piquetes em voltas da sede e do retiro”, lamenta.

 

Fogo consome propriedades rurais na região de Camapuã (MS). — Foto: Suzana Rezende Souza

 

Suzana ainda conta que o fogo chegou até em sua propriedade após uma outra fazenda ser atingida pelos incêndios: “Faíscas de outro lado do rio Coxim, que corta algumas propriedades rurais atingiram árvores e rapidamente começaram a espalhar. Esperamos que com a chegada da Força Nacional, acreditamos que conseguiremos dá uma amenizada nessa triste situação”, finaliza.

Fonte: G1MS/Globo.com

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

FIQUE EM CASA

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv