CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 8 de maio de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Idoso é morto e enterrado no quintal em Campo Grande por desconhecidos que queriam ‘casa maior’


Na noite de quinta-feira (7), duas mulheres, Roselaine Tavares Gonçalves, de 40 anos, e a filha Yasmin Natasha Gonçalves Carvalho, de 19 anos, foram presas em flagrante por participação na morte de José Leonel Ferreira dos Santos, de 61 anos. O idoso morava em uma casa na Vila Nasser e foi encontrado enterrado no quintal. Os autores do crime estariam morando naquela casa desde domingo (3).

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, a irmã de Leonel procurou a DEH (Delegacia Especializada de Homicídios) na quinta-feira para relatar o desaparecimento do irmão. Segundo ela, ele morava sozinho, mas sempre conversava com a família por mensagens, no entanto há alguns dias não estava respondendo direito aos familiares.

Ela foi até a casa do irmão na quarta-feira (6) e encontrou pessoas no local que não conhecia. Um homem que estava lá disse que José tinha viajado para Fátima do Sul e teria alugado a casa para eles, por três meses. A mulher então ligou para a sobrinha, que desmentiu a história e disse que a última vez que conversou com José foi no sábado (2).As equipes da DEH foram até a casa do idoso, na Rua Raul Machado, Vila Nasser, onde encontraram várias pessoas. O carro da vítima ainda estava na garagem, mas os moradores diziam não saber onde ele estava. O casal que seria responsável pela residência não estava no local, mas foi chamado por telefone.

Idoso é morto e enterrado no quintal em Campo Grande por desconhecidos que queriam 'casa maior'
Carro usado pelo autor para fugir (Foto: Divulgação)

Roselaine chegou de táxi, mas disse que o marido estava trabalhando. No entanto, o suspeito passou pelo local em um Chevette e os policiais fizeram abordagem, mas ele acabou fugindo. A mulher então confessou que na última semana o marido teria matado José e enterrado o corpo no quintal. A morte teria ocorrido após ela dizer para o marido que queria morar em uma casa maior.

O homem então teria ido até a casa da vítima, que fica nos fundos de uma conveniência e matado o idoso para ficar com a casa dele. O suspeito deu um golpe na cabeça de José com uma barra de ferro e conforme a polícia, a vítima chegou a implorar para não ser assassinada. “Não me mata”, teria dito a vítima enquanto fugia do assassino. O idoso tinha hematomas pelo corpo, o que indica outras agressões a chutes.

Foi constatado que a filha do casal, Yasmin, participou diretamente do crime cuidando do corpo enquanto o pai cavava a vala onde José foi enterrado. O autor do homicídio teria escolhido o idoso como vítima por saber que ele morava sozinho e achar que a família não daria falta dele. Yasmin e a mãe vão responder pela ocultação de cadáver e o corpo foi localizado pela polícia e Perícia também esteve no local.

As pessoas que estavam na casa foram ouvidas e Roselaine e Yasmin permaneceram presas. O caso é tratado como homicídio e ocultação de cadáver. A polícia ainda procura pelo marido de Roselaine e qualquer informação pode ser passada para a DEH pelo telefone 3318-9026.

Midiamaxnews

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

FIQUE EM CASA

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv