CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 3 de julho de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Para parar Messi, Tite repetiu tática usada contra Neymar no Corinthians em 2012.


Tite dificilmente altera a estrutura de suas equipes. Mas, às vezes a necessidade fala mais alto. Em 2012, o então técnico do Corinthians montou uma estratégia específica para controlar Neymar. Assim, anulou o craque santista da época e levou o Timão à final da Libertadores.
Nessa terça-feira, preocupado com Lionel Messi, Tite voltou a pedir de seus jogadores uma movimentação peculiar, exatamente como há sete anos. O melhor jogador do mundo teve atenção especial do comandante brasileiro.
“Firmino, Coutinho e Arthur. Era o setor essencial para não deixar o Messi jogar, e de ter as flechas nas pontas”, explicou. “Neutralizar tu não consegue (sic). Mexe a estrutura. Trouxemos o Firmino para a faixa central”, continuou.
No intervalo, Everton deixou a partida após pouco participar. Willian entrou em seu lugar. Para muitos, o Cebolinha ficou devendo, mas, não foi bem assim que a situação se apresentou para Tite.
“O Alex Sandro entrou muito bem e, se olhar o mapa de calor e onde transita o Messi, é sempre meio e ponta direita. Teve um componente dele e de Casemiro, para preencher o espaço. Everton dava essa consistência importante e vinha para fazer falta de marcação, que faz parte”.
No fim, os elogios do treinadores couberam ao seu grupo, que segundo ele comemorou muito a vaga à final ainda dentro do vestiário.
“Uma grande equipe é feita com a cabeça, mentalidade antes. O corpo só responde se tu for (sic) mentalmente forte, em cima de adversidade, pressão, expectativa alta, adversário, cobrança do técnico, rivalidade”, concluiu Tite.
DM LOTADO
O Brasil despachou a Argentina no Mineirão e domingo vai lutar pela taça da Copa América no Maracanã. Apesar da atuação consistente nesta terça, o comandante canarinho talvez não tenha todos seus 23 convocados à disposição para o duelo com o vencedor do duelo entre Peru e Chile.
Antes de embarcar para o Rio de Janeiro, Tite atualizou o boletim médico daquelas peças que ainda preocupam e geram dúvidas sobre seu aproveitamento.
Desfalque na semifinal por causa de dores na coxa direita, Filipe Luís ainda não está 100%.
“A condição clinica ele tinha. Física, para 90 minutos e mais uma prorrogação, não. Associado a isso, o Alex Sandro entrou muito bem, sim”, explicou o técnico, para em seguida falar de Fernandinho.
“Está em um processo de evolução, daqui a pouco, em uma necessidade extremada, ia para o jogo”. “E o Richarlison, passou o tempo hábil (da caxumba)”.
O trio deve ficar no banco de reservas domingo que vem, independente da liberação total para o confronto final da Copa América.
Willian deixou o Mineirão sentindo a coxa. A princípio, nada grave, mas o meia será avaliado pelo departamento médico. Marquinhos, que chegou a pedir substituição no segundo tempo, não tem nenhum problema física, e sim viral, com dores de cabeça e sintomas que o impediram de ir até o final da semifinal.
quarta-feira, 3 de julho de 2019

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/