->
CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 18 de junho de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Corregedoria investiga sumiço de 100 kg de cocaína de delegacia de MS e se ‘alguém facilitou o furto’.


Conforme a investigação, depósito fica dentro da unidade policial, perto das celas. Na ocasião, o criminoso teria entrado pela janela e levado as porções da droga. A corregedoria da Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o sumiço de cerca de 100 kg de droga da delegacia de Aquidauana, a 131 km de Campo Grande. O suposto crime teria sido descoberto há dois dias.
Conforme a investigação, o depósito fica dentro da unidade policial, perto das celas. Na ocasião, o criminoso teria entrado pela janela e a informação inicial é que se trata de cocaína.
A assessoria de imprensa da Polícia afirmou ao G1 que uma nota oficial sairá em breve no site da corporação. Além disso, está sendo feito uma “apuração interna para constatar se houve algum tipo de facilitação”.
A reportagem também entrou em contato com o delegado Eder Oliveira Moraes, porém, ele disse que não está autorizado a passar qualquer informação sobre o assunto.
A reportagem também entrou em contato com o delegado Eder Oliveira Moraes, porém, ele disse que não está autorizado a passar qualquer informação sobre o assunto.

Veja na íntegra a nota da Polícia Civil:

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio de sua Assessoria de Imprensa, vem a público prestar os esclarecimentos necessários acerca de matéria veiculada pela imprensa local que noticiou o furto de substâncias entorpecentes apreendidas e custodiadas na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana/MS.
Na manhã de segunda-feira dia 10 (dez) do mês e ano em curso, foi detectado por policiais civis lotados e em exercício na 1ª Delegacia de Polícia de Aquidauana/MS, a subtração de substância entorpecente a qual estava acondicionada em local disponível naquela unidade policial;
O Furto em questão ocorreu mediante as qualificadoras de escalada e arrombamento, sendo de imediato as providências adotadas acerca das comunicações necessárias e investigações para elucidar o crime, identificar sua autoria e apreender as substâncias subtraídas.
Em razão dos fatos, foram comunicados o Poder Judiciário, o Ministério Público e as Autoridades Policiais da administração superior visando a tomada de medidas necessárias para a completa apuração dos fatos.No mesmo dia foi acionada a Corregedoria Geral da Polícia Civil, a qual é a responsável pelas investigações, mediante a instauração do respectivo inquérito policial e caso se confirme qualquer colaboração por parte de servidor Policial Civil na prática delituosa, serão instaurados procedimentos administrativos conforme previsão na legislação vigente.
Por questões de segurança orgânica e ainda para não atrapalhar as investigações, a Polícia Civil, não prestará neste momento informações acerca do tipo e quantidade de substância entorpecente subtraída.
Por oportuno a Polícia Civil ressalta que adotou e continuará adotando toda celeridade e transparência na comunicação com os órgãos envolvidos na busca do esclarecimento dos fatos e de sua autoria.
Toda comunicação acerca do ocorrido e em apuração será feita via ASSERICOM/PC/MS.
terça-feira, 18 de junho de 2019

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/