->
CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 17 de dezembro de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

CNJ divulga salários de juízes e expõe desembargadora com auxílio moradia de R$ 6 mil em MS

Foto: Reprodução

Apesar de morar em mansão em Campo Grande, a desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Tânia Garcia Freitas Borges recebe auxílio-moradia de R$ 6.094,00. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça, que cobrou dos tribunais de todo o país a divulgação dos salários e vantagens de todos os seus membros.
Os benefícios recebidos por membros do Poder Judiciário são variados e 'engordam' salários de magistrados e desembargadores, que recebem salários iniciais, respectivamente de R$ 26.125 e R$ 30.471. O Tribunal de Justiça destaca que todos os proventos pagos são previstos em lei.
A desembargadora Tânia Garcia ficou conhecida nacionalmente por conta do filho, Breno Fernando Solon Borges, que foi preso por tráfico de drogas e armas. O CNJ apura se decisões favoráveis ao filho dela na Justiça têm alguma relação com o cargo ocupado por Tânia.
Garcia está no Tribunal de Justiça desde 2003, e acumula o cargo de presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado. Em novembro, segundo o CNJ, ela chegou a receber R$ 91.414.
Entre os privilégios da desembargadora, estão R$ 1.523 de auxílio saúde, R$ 1.523 de auxílio alimentação e R$ 6.094 de auxílio moradia, mesmo tendo casa própria e morando próximo de onde trabalha. Somente com o auxílio moradia, o TJ pagou a seus membros R$ 1.203.196,18 em novembro.
A divulgação dos dados é uma exigência da presidente do CNJ, ministra e presidente do STF, Carmém Lúcia, a fim de dar transparência ao Poder Judiciário.
Na mesma linha da colega do TRE, segue o presidente do TJ-MS, Divoncir Schreiner Maran. Seu rendimento líquido no mês passado somou R$ 81.295,72, graças a R$ 40 mil de pagamentos retroativos, além dos tradicionais  auxílio-moradia, alimentação e ainda R$ 10.664,89 por acumular os cargos de desembargador e presidente da corte.
Na classe dos juízes a situação não é diferente. No caso do magistrado Aldo Ferreira da Silva Júnior, que é juiz de direito de entrância especial, graças a direitos eventuais como férias, por exemplo, os rendimentos chegaram a R$ 110.490,10.
O rendimento de todos os membros do TJ em novembro somou R$ 8.280.697,99.
Topmídianews
domingo, 17 de dezembro de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/