CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 6 de janeiro de 2023
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Fotofobia: alta sensibilidade à luz pode estar ligada a doenças

 


Já sentiu incômodo ao olhar para a luz? Imagina que, para algumas pessoas essa sensação é insuportável, podendo ser classificada como uma condição associada à diferentes doenças oculares.

“Fotofobia é identificada pelo médico, após a avaliação clínica, quando o paciente tem a visão afetada ao ficar exposto à claridade excessiva, seja a luz solar ou artificial”, explica a médica oftalmologista e professora do curso de Medicina da Uniderp, Dra Ana Cláudia Alves Pereira.

Muitas vezes ela não está relacionada à cor dos olhos, como muitos acreditam, mas sim a falta de pigmentos na retina. Em se tratando de fotofobia é muito importante nós estabelecermos possíveis causas, uma vez que pode ocorrer, desde uma forma transitória, ou seja, após inflamações oculares, olho seco; em decorrência de alterações neurológicas, como enxaquecas, cefaléias; ou ainda na forma congênita.

A prevenção é feita com a boa lubrificação dos olhos utilizando colírios lubrificantes, quando o oftalmologista identifica a fotofobia associada ao olho seco. “O uso de óculos escuros é uma das indicações primárias para evitar o desconforto diante do excesso de luz. também a recomendação de lentes mais modernas, com antirreflexo, que bloqueiam a luz azul das telas, em geral,   computadores, tablets, celulares, tvs e luz artificial”, destaca a especialista.

Pessoas com olhos claros têm maior sensibilidade à claridade, devido à menor pigmentação da íris/retina. Os olhos escuros possuem mais pigmento, o que oferece maior proteção.

A médica esclarece que não existe um grupo específico para desenvolver a fotofobia, já que a condição depende de diversos fatores. No caso do olho seco, geralmente atinge mulheres de meia idade, ou seja, no início da menopausa. Quando o agente desencadeador é a catarata, o alvo são os idosos; e, nas crianças, a causa é geralmente o uso excessivo de telas. Portadores de astigmatismo também são mais afetados pela fotofobia, já que a disfunção oftalmológica é caracterizada pela alteração na córnea, provocando uma maior sensibilidade desta lente.

 

Entre os sintomas, vale ficar atento à vermelhidão nos olhos; dores de cabeça, ardor e inchaço ocular, e a necessidade de fechar os olhos quando exposto à claridade.

 

O tratamento individualizado consiste em procedimentos de prevenção, que são indicados pelo médico oftalmologista, após a avaliação clínica e o conhecimento do histórico de cada paciente.


Vestibular de Medicina

Estão abertas, até 13 de janeiro, as inscrições para quem deseja ingressar no curso de Medicina da Uniderp. Nesse processo seletivo, via Transferência Externa, podem participar candidatos que tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente; que estejam regularmente matriculados exclusivamente em cursos de Medicina, localizados no território nacional e devidamente autorizados e reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Para mais informações, consulte o edital.

 

Camila Crepaldi 


sexta-feira, 6 de janeiro de 2023

Livro

PROMOÇÃO OK NET

M

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV