CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 1 de dezembro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Executado em Coxim tinha extensa ficha criminal e foi preso por tentativa de homicídio

 


Juliano Denardi da Silva, de 22 anos, executado na madrugada desta segunda-feira (28), em Coxim, tinha uma extensa ficha criminal, e foi preso no dia 28 de outubro de 2020 por tentativa de homicídio. Na época ele atirou seis vezes contra a vítima, mas não acertou nenhum tiro.

Denardi e mais dois comparsas tentaram matar outro rapaz no bairro Previsul, na cidade onde morava. 

Conforme noticiado na época pelo Edição MS, Juliano teria disparado seis vezes contra a vítima, Murilo Negro Gonçalves, de 29 anos, mas não acertou nenhum tiro.

Em seguida, o autor montou na motocicleta pilotada por um tio, Antônio César Roberto da Silva, de 41 anos, e fugiu. Entretanto, ambos foram detidos, pouco tempo depois por uma equipe da Polícia Militar.

Com o piloto os policiais não encontraram irregularidades, mas, com o garupa foi localizado a arma do crime, além de uma paradinha de pasta base de cocaína. Antônio alega que não sabia o que o sobrinho estava aprontando. "Ele me pediu para levá-lo ao endereço, eu nem sabia que portava uma arma", comentou o tio.

Durante a investigação, a Polícia Civil localizou o terceiro jovem que participou da ação. Gilson dos Santos Bergo, de 25 anos, teria sido o responsável por chamar a vítima até o portão. Todos foram presos em flagrante pela tentativa de homicídio.

Murilo Negro Gonçalves, de 29 anos, vítima

A vítima contou ao Edição MS que é usuário de drogas e deixou a cadeia nesta segunda-feira (26), onde ficou quatro dias preso. Para manter o vício, Murilo diz que pratica furtos e roubos na cidade. Já o autor tentou justificar o crime dizendo que estava sendo ameaçado de morte pela vítima.

Homicídio

Juliano Denardi da Silva, de 22 anos, foi executado a tiros na madrugada desta segunda-feira no bairro Vila Bela, em Coxim. O rapaz estava deitado em sua cama quando o autor invadiu a residência, localizada na rua Frei Cirino, e disparou.

Conforme o Edição MS, três tiros acertaram a vítima, sendo um na cabeça e dois no pescoço. Denardi não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. O corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Coxim. Segundo testemunhas, o atirador fugiu numa motocicleta, que era pilotada por um comparsa.Desde o ocorrido, a Polícia Civil trabalha para elucidar o crime, mas, até o fechamento da reportagem, ninguém tinha sido preso ou identificado. A polícia trabalha com diversas linhas de investigação, a principal é de envolvimento com tráfico de drogas.

Denardi tinha uma extensa ficha criminal, com 22 passagens por diversos crimes, inclusive tráfico, homicídio, ameaça, furto, dentre outros. Familiares informaram que ele estava numa fazenda e tinha chegado em Coxim no final da manhã de domingo.

Topmidianews

quinta-feira, 1 de dezembro de 2022

Livro

PROMOÇÃO OK NET

M

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV