CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 7 de novembro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

‘Cena difícil de esquecer’, diz delegado sobre chargista esquartejado e colocado em malas

 


Um corpo esquartejado, acondicionado em malas e queimado, é uma cena difícil para qualquer pessoa ver e esquecer, até mesmo para o delegado Carlos Delano, titular da DEH (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Homicídios), acostumado a lidar com a morte de perto e com a crueldade do ser humano. 

Ao investigar o assassinato do chargista Marco Antônio Borges, de 54 anos, Delano se deparou com restos mortais da vítima divididos em malas e queimados. “Quase todos os crimes de homicídio deixam alguma impressão pela futilidade do motivo, pois poucas vezes considera-se justo um homicídio. De todo modo, a maneira como o cadáver foi desmembrado, acondicionado em malas e queimado compôs uma cena difícil de esquecer”.

Sobre toda a investigação para descobrir o que de fato levou Clarice a cometer um crime tão cruel, Delano fala da apatia da massagista frente à gravidade do crime que estava confessando. “Durante da inquirição dela (Clarice) ficou evidente que realmente tinha a intenção de ter um relacionamento sério com a vítima e que a negativa dele em assumir o namoro a fazia sofrer”, falou o delegado.

 

Em nenhum trecho do depoimento, a massagista se mostrou arrependida, apenas tentando afirmar que empurrou e matou Marco porque ele deu dois tapas nela. Assim, levada por um momento de fúria, foi até a cozinha e com uma faca desferiu os golpes no chargista, que estava nu quando foi atacado.

Clarice foi condenada a 16 anos de prisão pelo assassinato de Marco Antônio. Para o delegado, a missão foi cumprida com a condenação por um crime tão bárbaro. “Considero que conseguimos cumprir a função da Polícia Civil, que é a de levar a pessoa responsável a julgamento, apresentando provas isentas, produzidas sem violação à lei, que possibilitem ao Tribunal do Júri processar um julgamento justo, com exercício de acusação e de defesa, e aos jurados decidir com imparcialidade. Para nós, da Polícia, a justiça deve estar nisso e não na condenação ou absolvição”, finalizou.

Midiamaxnews

segunda-feira, 7 de novembro de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV