CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 6 de outubro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

MDB em MS anuncia na sexta se vai apoiar candidatos no 2º turno ao Governo do Estado

 


O ex-governador André Puccinelli, 3º mais votado no 1º turno das eleições ao Governo do Estado, disse nesta quinta-feira (6) que fará pronunciamento na sexta (7) às 14h na sede do partido para anunciar se o partido vai liberar os membros ou apoiar algum candidato no 2º turno em Mato Grosso do Sul.

Para Puccinelli, é fundamental ouvir todas as lideranças antes de anunciar qualquer decisão. Na quarta-feira (5), Baleia Rossi, presidente nacional da sigla, liberou os diretórios estaduais a apoiarem quem quiserem ou se manterem neutros. Em Mato Grosso do Sul, o entrave estaria em conseguir consenso no apoio. Puccinelli está disposto a firmar apoio em alguma das candidaturas, seja de Eduardo Riedel (PSDB), ou de Capitão Contar (PRTB).

3º lugar nas urnas

André aparecia em quase todas as pesquisas como líder nas intenções de voto e o resultado nas urnas surpreendeu os emedebistas no Estado.

 

Puccinelli obteve mais de 247 mil votos, ante 361,9 mil de Eduardo Riedel (PSDB). O tucano disputa a segunda rodada contra a surpresa do pleito, Capitão Contar (PRTB), que obteve 384,2 mil votos.

Não foi a primeira derrota de Puccinelli, já que ele ingressou na política perdendo a eleição para prefeito de Fátima do Sul em 1982. Naquele pleito, disputando como Andrea Puccinelli, ele foi derrotado por Hermindo de David (PDS).

André Puccinelli teve sucessão de vitórias, até em primeiro turno

Após a derrota, o ex-governador foi nomeado secretário de Estado de Saúde em 1983 na gestão de Wilson Barbosa Martins. Ele permaneceu um ano no cargo.

 

Na eleição seguinte, em 1986, o ex-governador acumulou vitórias nas urnas. Naquele ano, se elegeu deputado estadual. Em 1990, foi eleito deputado federal, sendo reeleito dois anos depois.

Em 1996, foi eleito prefeito de Campo Grande em uma histórica disputa contra seu principal adversário, Zeca do PT. Puccinelli superou o também ex-governador por apenas 411 votos.

Quatro anos depois, o emedebista se reelegeu prefeito em primeiro turno, com 68,13% dos votos. A partir deste ponto, ele passou a conquistar vitórias mais expressivas.

 

Quando disputou o Governo do Estado pela primeira vez, em 2006, foi eleito também em primeiro turno, com 61,34%. Em 2010, conquistou o segundo mandato com 56%.

Midiamaxnews

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV