CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 14 de agosto de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Nudes de político em inquéritos deixam poderosos que já mandaram fotos íntimas nervosos em Mato Grosso do Sul

 


Nudes de político voltaram a ser assunto com a circulação de documentos policiais nos últimos dias em Mato Grosso do Sul. Papelada oficial com timbre da Polícia Civil e da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, que deveria estar sob sigilo, virou assunto de rodinhas nos corredores das casas legislativas.

Entre a classe política, ao invés da indignação, tem sido pânico o efeito do vazamento desenfreado de documentos policiais ligados à investigação de supostos crimes sexuais cometidos por políticos, empreiteiros e servidor da Sejusp em Campo Grande.

Laudo pericial realizado em aparelho telefônico tem circulado com prints de conversas e nudes de políticos que, segundo assessores, assustaram e fizeram boa parte dos chefes poderosos se colocarem no lugar do suposto dono das fotos íntimas.

A reação inusitada revela o quanto sexo e poder estão entrelaçados nos bastidores políticos de Mato Grosso do Sul.

Nudes de político, nudes para políticos

Em um dos gabinetes, chefe teria constrangido nomeadas a 'revisarem' conversas e apagarem trechos mais picantes.

Em outra situação, parlamentar midiático e metido a influencer teria acionado assessores desesperado, perguntando sobre quais as chances de fotos íntimas serem resgatados pela polícia após apagados no WhatsApp.

Os nudes do político preocuparam até senhores da terceira idade que, sem pudores, teriam mandado empregados apagarem conversas recheadas de imagens de garotas de programa nuas que recebe costumeiramente de cafetina.

"Tinha muita coisa. A memória estava quase cheia, porque toda quinta-feira ele recebe varias fotos de moças peladas para escolher o programa sexual da sexta a tarde. É um compromisso sagrado", relata motorista.

O que sobe e desce com nudes de político vazados?

Ativistas ligadas à verdadeira endemia de violência contra as mulheres em Mato Grosso do Sul alertam para o quanto a causa pode perder com o 'circo' eleitoral dos vazamentos e tratamento midiático inadequado.

Segundo elas, se o assunto, sem trocadilhos, fica em alta com os nudes de político, a investigação fica em baixa.

"É muito triste. Sabemos o quanto a postura de predadores sexuais é perversa e nefasta para as mulheres nos ambientes e nas relações de poder. Não era para virar assunto político, porque é um assunto sério que precisamos discutir em MS", lamenta profissional que atua na Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande.

Segundo ela, há relatos em praticamente todos os órgãos públicos sul-mato-grossenses de alguma conduta inapropriada por parte de homens em situação de poder. "Pra gente começar a mudar isso, as vítimas deveriam ser protegidas e encorajadas da forma certa, com discrição que o assunto exige. Este circo afasta as vítimas do caminho penoso até a denúncia", pondera.

Vazamento prejudicial: nudes de político podem ajudar defesa?

Servidores graduados da Polícia Civil também lamentam a forma como investigação, em tese sobre fatos gravíssimos, corre sério risco de acabar banalizada.

"Quando a gente está presidindo um inquérito que toma este caminho e desperta muito interesse político, é difícil segurar. Toda hora tem um chefe, um poderoso, ligando, chegando para saber detalhe, para ver como pode tirar proveito", relembra delegado de classe especial da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul que se aposentou após tocar casos emblemáticos.

Segundo ele, a forma como o profissional conduz as atividades policiais e a própria carreira chegam muitas vezes a interferir na aplicação da Justiça. "Se estivesse na defesa dos investigados, estaria comemorando este carnaval todo. Quanto mais usarem dados sigilosos com motivações diferentes da condução técnica do inquérito, menos credibilidade a ser destruída", analisa.

"É complicado, porque a todo minuto devemos equilibrar nosso senso de ética policial e a pressão política sobre a polícia. É um drama presente na vida de todos os delegados, e muitos optam por aproveitar as oportunidades, fazer cartaz com a diretoria", pondera o veterano.

No entanto, para ele, decisões básicas podem comprometer totalmente todo esforço investigativo. "Existe sempre um momento quando a gente perde o controle. Um volume de vazamentos assim, usado com objetivos explicitamente ilegítimos, por exemplo, atrapalha muito. Vazamento expõe vítimas, suspeito, testemunhas...", conclui.

Midiamaxnews

domingo, 14 de agosto de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV