CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 31 de julho de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Mãe e filha envolvidas na morte de pecuarista são levadas para presídio em Campo Grande



 Lucimara Rosa Neves, 43 anos, e a filha Jessica Neves Antunes, acusadas no envolvimento no assassinato da pecuarista Andreia Aquino Flores, 38 anos, foram levadas para o Instituto Penal Feminino Irmã Zorzi, no final da tarde deste sábado (30) em Campo Grande. O mandado de prisão foi expedido pelo após a audiência de custódio, pelo juiz de Direito Aloísio Pereira dos Santos.

A defesa de ambas chegou a entrar com um pedido de liberdade provisória, mas teve o recurso negado pela Justiça. Jéssica chegou a alegar que teria sofrido tortura física e psicológica por parte dos policiais da Derf, mas a informações não foi confirmada.

Inicialmente o caso foi tratado como latrocínio – roubo seguido de morte –, porém novas informações abriram o leque de possibilidades para a Polícia Civil. O novo fato é que a empregada Lucimara Rosa Neves, uma das presas pelos policiais, confessou que armou o falso roubo e que recebeu R$ 50 mil para forçar a patroa assinar um contrato, supostamente a mando da irmã de Andreia, Jussara Aquino Flores.

Uma ação judicial, movida por Andréia contra a irmã, é mais um motivo que colocaria Jussara como suspeita na participação do assassinato, até mandante.
A ação trata-se de um inventário deixado pelo pai de Andréia e Jussara, Ocídio Pavão Flores, que além delas, também inclui a mãe, Joana Aquino Flores, viúva de Ocídio.

A briga envolvendo as irmãs é por conta de uma ação em que Andréia moveu contra Jussara por conta de uma grande quantidade de cabeças de gado, que a vítima deveria receber de sua irmã até o mês de setembro.

O valor do processo: R$ 5,2 milhões. A ação tramita em Ponta Porã.


A MORTE
Andreia foi morta na tarde de quinta-feira (28), dentro da casa onde morava, em um condomínio no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

Lucimara disse que queria forçar a patroa a assinar um contrato, solicitado pela irmã de Andreia. Ela disse que a irmã ofereceu R$ 50 mil para a empregada convencer Andreia a assinar o documento.

Segundo a empregada, a irmã de Andreia não sabia que ela estava arquitetando um falso roubo na residência.

Ela disse que planejou o crime com o cunhado, identificado como Pedro. Ele teria topado e planejado o crime com Lucimara e a filha, Jessica Neves Antunes, 24 anos.

Topmidianews

domingo, 31 de julho de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV