CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 24 de maio de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Madrasta joga enteado de seis anos pela janela do quarto andar e pai achou que fossem roupas

 

A vítima segue internada no HGE (Crédito: Cortesia ao TNH1)

Uma mulher foi presa pela Polícia Civil de Alagoas após ter confessado jogar o enteado, um menino de seis, do quarto andar de um edifício do Conjunto Vale Bentes I, no Complexo Benedito Bentes, na Cidade Universitária, em Maceió. Segundo o delegado Fábio Costa, responsável pelo caso, ela foi autuada por tentativa de homicídio.

O pai da criança (foto acima) afirmou que não percebeu que a esposa, que confessou o crime, segundo a polícia, havia arremessado o garoto. Ele afirma que em um primeiro momento pensou que ela tinha apenas atirado suas roupas pela janela.O homem contou que os dois consumiram bebidas alcoólicas antes de iniciar uma discussão na madrugada de ontem. Em certo momento, ele relata que a suspeita falou que “iria matar ele agora”. O pai afirma ter entendido que ela se referia a ele, e não à criança.

“Eu nunca imaginei que ela fosse capaz de fazer isso com o meu filho, não. A gente saiu pra se divertir um pouco, bebemos, e depois da confusão que teve, ela pegou e disse: ‘Eu vou matar ele agora’; Aí eu pensei que fosse eu, que ela ia fazer isso comigo, entendeu? Mas não foi, ela falou isso já com o meu filho. Foi a hora que eu escutei o filho dela dizer assim: ‘Mãe, isso não, mãe’ e a ‘zoada’ lá embaixo. Mas eu pensei que era as minhas roupas, que ela tinha jogado”, afirmou ele à TV Gazeta, afiliada da Globo.

A criança estava morando com o pai e a madrasta há oito meses, desde a morte da mãe.

Alguns moradores relataram que o casal e seus respectivos filhos tinham um relacionamento conflituoso e que a suspeita tinha ciúmes da criança com o pai, de acordo com depoimento do conselheiro tutelar Ewerton Pita, que acompanha o caso, ao canal local.

A madrasta, que não teve a identidade revelada pelas autoridades, admitiu que jogou a criança da janela do apartamento em que morava e afirmou que se arrepende do ato.“Ele ficou ameaçando meu filho mais velho. Aí eu falei: ‘Se você matar meu filho, eu mato o seu também’. Aí a gente discutindo, foi a hora que peguei o filho dele e joguei. E estou arrependida, porque o menino não tinha culpa de nada”, afirmou ela à TV Gazeta.

Apesar da queda, o quadro de saúde do menino é considerado estável. Ele está internado no HGE, “com ferimentos causados por agressão corporal.”

Com UOL

terça-feira, 24 de maio de 2022

TENDA ENERGIA SOLAR

https://picasion.com/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV