CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Cidade paraguaia tem 6 mortes por pistolagem e polícia investiga grupo de extermínio

 


Com o assassinato do pescador e operador de motosserra, Alvercio Prieto González, de 38 anos, nesta sexta-feira (18), Yby Yaú, no Departamento de Concepción, tem seis crimes por pistolagem em apenas dois meses. A cidade fica a 101 quilômetros de Ponta Porã, na fronteira com Pedro Juan Caballero.

A execução de Alvercio Prieto González ocorreu próximo ao cemitério Yby Yaú, a 2.500 metros da Rota PY05. Seu corpo foi encontrado em uma estrada rural no bairro Ñepytyvõ, próximo ao cemitério Yby Yaú, a 2.500 metros da Rota PY05.

Alvercio é agora o sexto assassinado em Yby Yaú, segundo informações do ABC Color, em apenas dois meses, no âmbito de uma suposta "operação de limpeza" comandada por uma organização criminosa do norte, que teria pelo menos 20 nomes em sua "lista negra".

O primeiro eliminado com traços da máfia foi Julio César Cabañas Salinas, de 36 anos. Contra, ele em 6 de janeiro, os pistoleiros descarregaram um fuzil M16. A vítima estava sentada em frente a sua casa localizada na Rota PY05, na área da Calle 10, distrito de Horqueta, embora supostamente tenha se deslocado mais pela Yby Yaú.

Em 20 de janeiro, dois pistoleiros mataram Miguel Ángel Morán Ojeda, 46 anos, com uma pistola calibre 9 milímetros, que estava em sua oficina de motocicletas que funciona em sua casa na Rota PY05, no bairro Paso Hu de Yby Yaú.

Morán fazia parte de uma gangue de sequestradores e extorsionários e há alguns meses foi libertado da prisão. Já Jeverson Carlos Ribeiro, 31 anos, filho do traficante preso Gilmar Ribeiro, vulgo Indio, foi sequestrado, torturado e depois morto com 21 tiros de pistola 9 milímetros,  em 24 de janeiro.

Nelson Ever Centurión Ruiz, 47 anos, foi morto a tiros e seu corpo deixado perto de uma represa, na estrada que liga Puentesiño a Bella Vista Norte. Foi no último dia 29 de janeiro. Nelson Ever era natural do bairro Ñepytyvõ de Yby Yaú, onde aconteceu ontem o novo caso de homicídio.

Em 30 de janeiro, Claudio Arévalos Barboza, de 28 anos, foi morto com 22 tiros de pistola e seu corpo jogado na estrada da Rota PY05, na área do bairro Yhaguy de Yby Yaú, em circunstâncias idênticas ao caso anterior. Os assassinos também queimaram o carro que usaram no crime.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

OK NET RIO VERDE

http://oknetms.com.br/

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

RioverdeRV