CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 5 de novembro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

“Mataram por vingança”, diz família de morta que foi queimada em Campo Grande

 


Familiares e amigos de Elizabete Cristine Bezerra, encontrada carbonizada na madrugada desta sexta-feira (5) no barraco em que morava, no Jardim Panorama, acreditam que ela foi morta por vingança. A irmã da vítima — que está internada na Santa Casa — teria ateado fogo em uma residência horas antes, e a Polícia investiga a relação entre os crimes.

A avó de Elizabete disse ao Jornal Midiamax acreditar que a morte da neta ocorreu após acerto de contas, por causa da irmã. “A Elizabete não sabia o que a irmã dela tinha feito, nem onde a irmã estava. Eu e a mãe delas também não sabíamos”, afirma.

“A irmã era violenta e morava aqui comigo, eu sabia que a Elizabete tinha problemas com droga mesmo, mas não mexia com ninguém, fumava ali no barraco mesmo”, explica. Segundo vizinhos, Elizabete mudou para o barraco onde foi localizada queimada, há cerca de seis meses.

Uma amiga e vizinha da vítima lembra que elas chegaram a se encontrar na manhã de ontem (4). Chorosa, ela relatou que ultimamente Elizabete se preocupava com a segurança da irmã. “Ela estava preocupada porque a irmã dela estava ‘causando’ por aí. Ela falou para mim “minha irmã só apronta”. Quem estava correndo risco mesmo era ela, ninguém imaginava que ia sobrar para a Elizabete”.

Ainda segundo a avó das irmãs, Elizabete tinha quatro filhas, que estavam na casa do pai, no Bairro Caiçara, no momento em que o incêndio ocorreu.

[Colocar ALT]
(Foto: Henrique Arakaki - Jornal Midiamax)












Barraco foi incendiado

Conforme informações do registro policial, a casa era de apenas um cômodo, que foi totalmente consumido pelo fogo. Segundo o vizinho, a vítima mudou para o local há cerca de seis meses, e morava sozinha. Contudo, ele já havia percebido uma movimentação de pessoas na residência durante o período noturno.

Ele ainda informou aos policiais que, na madrugada, escutou pessoas conversando com Elizabete, por volta das 23h, mas como era comum ela receber visitas, não se preocupou. O vizinho percebeu as chamas e, ao sair da casa, encontrou seu carro no meio da rua, mas não soube dizer quem o empurrou.

O tio de Elizabete disse aos policiais que a irmã dela colocou fogo em algumas motocicletas e em um barraco que pertenceriam a traficantes e usuários de drogas. Em seguida, ela teria se escondido na casa de Elizabete e os autores do incêndio, ao descobrirem onde a mulher estava, colocaram fogo na residência. Contudo, quem estava na casa era Elizabete.

A irmã da vítima registrou boletim de ocorrência horas antes, alegando ter sido alvo dos autores devido à informação de que teria colocado fogo no barraco deles.

Espancada a pauladas e pedradas

A irmã de Elizabete, de 23 anos, foi espancada junto ao namorado, de 39, também na madrugada de hoje (5), no Bairro Tiradentes.

Segundo relatos do homem de 39 anos, ele e a namorada estavam em um bar quando chegaram três ou quatro homens, que começaram a agredir a namorada dele sem nada falar, com pauladas e pedradas.

Ele fugiu, mas acabou alcançado na esquina próxima da rua José Antônio Nogueira, sendo espancado a pauladas e pedradas, desmaiando com as agressões. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ele encaminhado para uma unidade de saúde.

Segundo o homem, a namorada teria sido levada para a Santa Casa devido ao seu estado de saúde. Ele ainda contou que não sabe os motivos para as agressões, mas desconfia que seja porque sua namorada teria colocado fogo em um barraco na semana anterior. O namorado afirma ainda que a jovem é usuária de drogas.

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv