CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 9 de agosto de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

O antes e depois do gigantesco incêndio florestal na Califórnia

 


Antes de um dos piores incêndios florestais da Califórnia atingir Greenville, o céu ficou vermelho, como se fosse um aviso. Depois que as chamas varreram a pequena cidade, apenas paredes carbonizadas, cinzas e fumaça permaneceram. As terríveis consequências do incêndio Dixie foram capturadas pela AFP em uma série de fotos de antes e depois do fogo, que consumiu centenas de construções e obrigou milhares de pessoas a fugir. 

"Foi chocante ver como uma loja do correio, o quartel dos bombeiros, um banco, um museu e muitos outros negócios foram incinerados e reduzidos a pilhas de escombros fumegantes", descreveu o fotógrafo da AFP Josh Edelson. "Os animais, mortos, jaziam na beira das estradas." 

Edelson observou "os bombeiros fazerem tentativas inúteis de conter as chamas, de 105 metros de altura, que se elevavam acima deles. Eles salvaram algumas casas, mas perderam a maioria". 

O fotógrafo, que tem vasta experiência em cobertura de incêndios florestais, chegou a dirigir por um "corredor de chamas", que assolava os dois lados da estrada. "Entrei em modo de emergência e imediatamente comecei a fazer anotações mentais de onde ficava meu abrigo contra incêndio", contou, após escapar para um local seguro. 



© JOSH EDELSON Antes e depois na Califórnia

Até domingo, o incêndio havia destruído 198.007 hectares, segundo autoridades, uma área maior do que Los Angeles. No fim de semana, o fenômeno ultrapassou o incêndio do Complexo Mendocino, de 2018, e se tornou o segundo pior da história do estado.

O governador Gavin Newsom visitou os restos carbonizados de Greenville no sábado e expressou "profunda gratidão" às equipes que lutam contra o que ele chamou de "incêndios florestais induzidos pelo clima". 

A mudança climática amplifica as secas, criando condições ideais para que os incêndios florestais se espalhem de forma incontrolável e causem danos materiais e ambientais sem precedentes. Autoridades estimam que o incêndio, que começou em 13 de julho, não será totalmente extinto por várias semanas. 

Tami Kugler, em um posto de evacuação depois de fugir de Greenville, disse à AFP: "Foi como sair de uma zona de guerra como as que você vê em um filme. Meu bairro desapareceu.”

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv