CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 5 de julho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Romana Novais mostra mesversário de filha com Alok e looks das crianças roubam a cena

 


Romana Novais e Alok escolheram festa junina como tema do mesversário da filha, Raika, de 7 meses. A médica, que conta com duas babás para ajudar nos cuidados com os filhos, mostrou a comemoração em sua rede social e contou que todos ajudaram a decorar a sala de casa, até mesmo o primogênito da família, Ravi, de 1 ano de idade. Na mesa, um bolo temático com o nome da bebê dividiu espaço com comidinhas típicas e muitos docinhos enfeitados.

Mas o que acabou roubando a cena foram os looks usados pelas crianças, cuja semelhança entre elas impressiona. Enquanto Ravi usou uma roupa inspirada na tradicional brincadeira junina da Barraca do Beijo, Raika posou vestida de Milho Verde. "Estou apaixonada!", assumiu Romana.

No dia anterior, data exata do mesversário da filha, a mulher do DJ se declarou para a menina em sua rede social. "Só você sabe o quanto eu te amo e o quanto a nossa conexão é forte. Colo nunca vai te faltar. Vou ser pra sempre o seu abrigo. Obrigada por ser meu colo também... Te amo infinito bonequinha", escreveu.

Raika nasceu após parto prematuro por Covid-19

Antes mesmo de vir ao mundo, a filha mais nova de Romana e Alok precisou ser forte após a mãe contrair a Covid-19. "Descobri que estava com Covid-19 menos de uma semana antes dela nascer. Eu tive sintomas. Tive febre, muita dor no corpo e dor de cabeça. Sentia muita dor na barriga, e parecia contração de parto. No meu caso, desencadeei uma trombose na placenta, e isso deixou o ambiente desconfortável para a Raika", explicou Romana.

A médica então explicou que apesar de todo o quadro desfavorável, conseguiu dar à luz por um parto normal. "Não tive muita escolha, tinha que ser normal. Se a gente optasse por uma cesárea naquele momento, talvez complicasse muito mais o quadro, o meu e o dela. Como eu estava com infecção, se a gente optasse pela via vaginal poderia piorar toda a situação. Cesárea sangra um pouco mais, e eu já estava sangrando bastante. O importante era a gente tentar cessar esse sangramento o quanto antes, porque eu já estava sangrando muito antes do parto", detalhou.

Depois do parto, mãe e filha precisaram se recuperar na UTI do hospital. Emocionada, Romana falou sobre os primeiros momentos com a caçula no colo. "Treze dias depois do seu nascimento finalmente eu pude te pegar no colo e te conhecer. Até então só tinha visto você por alguns minutos no parto. Foi tão emocionante te observar dormir no meu peito e admirar os detalhes do seu rostinho... Mamãe sentia borboletas no estômago", confessou a mulher de Alok, que escolheu os médicos que estiveram na hora do parto como padrinhos da filha.

segunda-feira, 5 de julho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv