CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 7 de julho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Argentina vence a Colômbia nos pênaltis e fará final contra o Brasil

 


A final da Copa América será o clássico que todos esperavam: Brasil e Argentina, que se classificou nesta terça-feira (6), ao vencer a Colômbia nos pênaltis, por 3 a 2, após o empate em 1 a 1 no tempo normal, em Brasília. O goleiro Martínez foi o grande nome da classificação, ao defender três cobranças.

Enquanto os argentinos agora se preparam para a decisão, no sábado, podendo encerrar um jejum de quase 30 anos sem sequer um título, os colombianos terão que se contentar com a disputa pelo 3º lugar, na sexta, contra o Peru.

Blitz inicial
A seleção argentina começou com tudo. E se Lautaro Martínez perdeu a primeira grande chance criada por Messi, na segunda ele marcou. O camisa 10 girou para cima de Mina e tocou na medida para o centroavante, que bateu firme para fazer 1 a 0 logo aos 6 minutos.

Após o gol, porém, a Argentina parou. E foi a Colômbia quem mais teve chances. Logo aos 7, Luis Díaz fez boa jogada e encontrou Cuadrado, que bateu. Martínez fez ótima defesa.

Duas na trave!
Os colombianos voltaram a pressionar aos 36. E não empataram por puro azar. Barrios pegou o rebote e bateu. A bola desviou em Lo Celso e explodiu na trave. No escanteio, Mina subiu mais do que todo mundo e a bola foi no travessão.

A Argentina só voltou a assustar aos 43. Messi cobrou falta e Nico González cabeceou à queima roupa. Ospina foi rápido e mandou para escanteio.

Na volta do intervalo, a Colômbia voltou a pressionar. Aos 7, Zapata tentou duas vezes e reclamou muito de um possível pênalti, por mão de Guido Rodríguez. O árbitro mandou seguir.

Enfim o empate
De tanto insistir, os colombianos conseguiram o empate aos 15. Luis Díaz foi lançado na ponta esquerda por Cardona, ganhou na velocidade da marcação e tocou na saída de Martínez. Tudo igual no Mané Garrincha!

Inacreditável!
O gol animou a Colômbia, mas um erro de Muñoz por pouco não custou a classificação. Aos 27, ele deu passe errado e deu de presente para Di María, que driblou Ospina e, sem goleiro, "deu" o gol para Lautaro. O atacante bateu fraco, por baixo, e Barrios conseguiu tirar. Di María pegou o rebote, mas mandou para fora.

A Argentina se animou e aos 35, Messi recebeu de Di María, girou sobre o marcador e bateu na trave. O final de jogo ficou nervoso, com muitas faltas e pouco perigo de gol, levando a decisão da vaga na final para os pênaltis.

Martínez garante a Argentina na final
Na marca da cal, quem brilhou foi Emiliano Martínez, que defendeu as cobranças de Davinson Sánchez, Yerry Mina e Edwin Cardona. De Paul bateu para fora e foi o único argentino a perder.

ARGENTINA 1 (3) X (2) 1 COLÔMBIA

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF
Data/Horário: 06 de julho de 2021 (terça-feira), às 22h
Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)
Assistentes: Carlos López (VEN) e Jorge Urrego (VEN)
Gols: Lautaro Martínez (6'/1°T) (1-0), Luis Díaz (15'/2°T) (1-1)
Cartões amarelos: Lo Celso, Montiel, Guido Rodríguez, Pezzella (Argentina), Cuadrado, Fabra, Borja, Muñoz, Cardona, Barrios (Colômbia)
ARGENTINA: Emiliano Martínez, Molina (Montiel, aos 0'/2°T), Pezzella, Otamendi e Tagliafico; De Paul, Guido Rodríguez e Lo Celso (Paredes, aos 10'/2°T); Messi, Lautaro Martínez e Nico González (Di María, aos 21'/2°T). Técnico: Lionel Scaloni
COLÔMBIA: Ospina, Muñoz (Fabra, aos 0'/2°T), Mina, Sánchez e Tesillo; Barrios, Cuéllar (Chará, aos 0'/2°T), Díaz e Cuadrado; Borré (Cardona, aos 0'/2°T) e Zapata (Borja, aos 14'/2°T). Técnico: Reinaldo Rueda

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv