CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 18 de junho de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Prefeito de Coxim, peita governo do Estado e mantém comércio aberto em Coxim

 

Foto: Augusto Marques/PMC

O prefeito de Coxim, Edilson Magro (DEM), entrou oficialmente para o time dos chefes de executivo que peitaram o governo do Estado para manter o comércio aberto. Em live no Facebook, na noite desta quinta-feira (17), o prefeito anunciou a decisão, acompanhado do vice Flávio Dias (PSDB) e equipe técnica.Coxim voltou para a bandeira laranja por conta própria, depois de ser rebaixado para a vermelha, na semana passada, pelo Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia). A decisão do prefeito foi embasada em recomendação técnica da Vigilância Sanitária de Coxim, que também avalizou a redução do toque de recolher, que passa a começar às 22 horas.

Ainda durante a live, que contou com participações de autoridades, Edilson fez questão de enfatizar que também tinha apoio da Câmara Municipal para tomar a decisão, agradecendo aos parlamentares em nome do presidente William Meira (PSDB). De acordo com o prefeito, a equipe entende que a queda dos casos de Coronavírus (Covid-19) permite a flexibilização.

Confira o decreto de Coxim clicando aqui

Ao rebaixar Coxim para a bandeira vermelha o governo do Estado tinha determinado que apenas os estabelecimentos considerados essencial e não essencial de baixo risco abrissem as portas a partir de segunda-feira (14). Entretanto, na noite anterior, a Prefeitura já dava sinais de que Coxim não seguiria a determinação ao autorizar o funcionamento de todo o comércio até que toda situação fosse analisada.

Outros municípios de Mato Grosso do Sul também optaram por não seguir as determinações do governo. A batalha de decretos entre o Estado e Prefeituras já foi parar no MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). Em Campo Grande, o procurador-Geral da Justiça, Alexandre Magno Benites, se reuniu com representantes do governo e de algumas cidades que contrariaram o Prosseguir. Para tentar resolver o impasse, uma nova reunião deve acontecer nesta sexta-feira (18).

No caso de Coxim, as justificativas para não cumprir o Prosseguir vão ser encaminhadas à secretaria de Estado de Saúde. Apesar da flexibilização, as autoridades em saúde pedem a colaboração da população na manutenção dos cuidados como medidas de enfrentamento da doença, como a higienização das mãos, uso de máscaras e distanciamento social.

Ediçãoms

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv