CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 2 de abril de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Golpistas se passam por funcionários do Ministério da Saúde para tentar clonar WhatsApp em MS

 

Foto Ilustrativa

Na tentativa de clonar números de WhatsApp, golpistas têm se passado por supostos funcionários do Ministério da Saúde e entrado em contato por telefone com moradores de Campo Grande. Os criminosos aproveitam o momento delicado em razão da pandemia e, neste sentido, alegam estar realizando uma pesquisa sobre o coronavírus (Covid-19).

Eles pedem opiniões a respeito da gestão do Ministério e fazem uma série de perguntas referentes ao tema, na tentativa de passar alguma credibilidade e, ao final da ligação, solicitam que as vítimas encaminhem a eles um código enviado via SMS. Eles afirmam que o código tem a finalidade de registrar o número de protocolo do contato.

Porém, trata-se de uma armadilha. O referido código serve para que, na verdade, eles tenham acesso ao WhatsApp das vítimas, para que possam cloná-lo e prosseguir com golpes. Quando obtêm sucesso, geralmente se passam pelas vítimas e começam a mandar mensagens a amigos e familiares, pedindo dinheiro diante de várias justificativas.

Como evitar

A polícia afirma que para dificultar a ação, é necessário ativar a verificação em duas etapas no WhatsApp, através do menu Ajustes>Conta. O aplicativo passará a solicitar a senha cadastrada esporadicamente, evitando que a conta seja utilizada por terceiros. É importante nunca repassar dados de SMS para terceiros. 

Não é normal que empresas de comércio eletrônico entrem em contato com clientes via WhatsApp. É preciso estar atento a dados conflitantes nas mensagens recebidas e jamais transações bancárias sem antes ter certeza de com quem está falando.

Caso tenha o número clonado, avise familiares e amigos sobre o ocorrido, informando que não repassem dinheiro nem dados pessoais para os criminosos. Caso alguma pessoa tenha feito transferência, comunique a instituição bancária para que cancele a transação. Também é imprescindível procurar a Polícia Civil e registrar boletim de ocorrência.

Ministério da Saúde

Em seu site oficial, o Ministério da Saúde informa que o Governo Federal só se comunica pelos canais oficiais de seus órgãos. Além disso, reforça cuidados como: Observe o remetente das mensagens; Não clique em links de e-mails ou mensagens WhatsApp de remetentes que você não conhece; Nunca informe seus dados pessoais e bancários em resposta a ligações, e-mails ou links desconhecidos; Nas redes sociais, não compartilhe nada sem checar a procedência e a veracidade das informações; Acesse canais de informações oficiais sobre a atuação do governo brasileiro no combate à pandemia.

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv