CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 8 de abril de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Corda e ferro usados em homicídio de idoso antes de execução forjada são apreendidos.

 

Objetos foram apreendidos - (Foto: Dourados News)

Na tarde de quarta-feira (7), materiais usados para espancar e enforcar Veríssimo Coelho dos Santos, de 61 anos, foram apreendidos em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. O idoso foi assassinado no dia 1º de abril e o sobrinho e outro homem foram presos após tentativa de simular uma execução a tiros.

Conforme o SIG (Setor de Investigações Gerais), em continuidade às investigações do homicídio, foram encontrados na região do córrego Três Tubos o pedaço de ferro e uma corda, usados para espancar e enforcar a vítima. Ainda segundo o Dourados News, a calça usada pelo sobrinho de Veríssimo na hora do crime também foi encontrada.

Os objetos apreendidos foram encaminhados para a delegacia.

Arma de fogo

A arma que teria sido usada no assassinato foi apreendida com o proprietário, também na quarta-feira. Os policiais receberam denúncia de que a arma estaria escondida em uma casa do bairro Canaã IV. Ao chegar no local, os agentes confirmaram que o casal proprietário era conhecido pelo envolvimento em tráfico de drogas.

A irmã da proprietária recebeu os policiais e autorizou a entrada. No interior foram apreendidas cinco porções de maconha, 36 trouxinhas de pasta base de cocaína e R$ 326 em espécie. Durante a vistoria, a proprietária chegou e alegou que o marido não morava mais naquele endereço.

Contudo, os agentes receberam informações de que o suspeito teria conseguido fugir em uma bicicleta. Ela confessou que o marido entregou uma arma a um homem, no mesmo dia do assassinato. O suspeito foi encontrado e preso em flagrante e a arma também foi localizada. Ele e a esposa ainda responderão por tráfico de drogas.

Crime forjado

Pelas investigações, foi apurado que o rapaz de 28 anos teria tido uma briga com o tio na chácara, após um churrasco que fizeram, e o lesionou na cabeça, possivelmente com objeto perfuro-cortante. Depois, forjou o local do crime, levando a vítima já debilitada até a Silverado e a colocando no banco do passageiro.

Depois, teria dirigido a camionete até o local onde o corpo foi encontrado e atirou várias vezes contra a vítima, tentando simular o crime. Foram apreendidas 17 cápsulas de pistola no local, sendo 16 percutidas. Mesmo preso, o rapaz negou qualquer participação no crime e tentou indicar que outra pessoa teria assassinado o tio.

Foi feito pedido de conversão da prisão, acatado pelo juiz em audiência de custódia. Assim, o sobrinho de Veríssimo fica preso preventivamente enquanto o caso segue em investigação. A princípio, ele e o tio tiveram um acordo comercial recente em que veículos do idoso foram passados para o nome do autor.

Topmidianews

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv