CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 2 de março de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

São Gabriel cumpre rigorosamente critérios de vacinação determinados pelo Ministério da Saúde

 


No Brasil, desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, o Ministério da Saúde vem orientando os gestores e os profissionais de saúde dos estados e municípios sobre os procedimentos adotados nas campanhas nacionais de vacinação. Foram enviados documentos técnicos com informações sobre os grupos prioritários, contraindicações da vacina, registro da aplicação, entre outras orientações técnicas relevantes, que estão sendo rigorosamente seguidos pelo município de São Gabriel do Oeste.

Para essa primeira etapa, o público-alvo da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 foi priorizado segundo os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença, considerando o quantitativo de vacinas disponível. Assim, até a disponibilidade de mais doses, o Ministério da Saúde recomenda a vacinação no Brasil para os seguintes grupos: 

  • Trabalhadores da saúde (equipes de vacinação que estiverem inicialmente envolvidas na vacinação, trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de Covid-19, trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas (Serviço de Acolhimento Institucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência) e demais trabalhadores de saúde;
  • Pessoas idosas;
  • Pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, residentes em Residências Inclusivas (institucionalizadas);
  • População indígena vivendo em terras indígenas;

Cabe esclarecer que TODOS os trabalhadores da saúde serão contemplados com a vacinação, entretanto a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme a disponibilidade de vacinas.

Em São Gabriel do Oeste, os profissionais da rede pública de saúde já foram imunizados e a vacinação está sendo feita na rede privada, conforme a disponibilidade. Os idosos também estão no grupo prioritário. Ninguém que esteja fora desses critérios recebeu a vacina.

Entre os profissionais da rede privada já vacinados estão: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, farmacêuticos, fisioterapeutas, profissionais da área estética e outros profissionais ligados à saúde. Vale esclarecer que a estética está inserida na área da saúde, por desenvolver ações que auxiliam os profissionais da saúde na promoção do bem-estar físico, social e emocional dos clientes. Nessa estratégia, está sendo solicitado documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.

No segundo momento, a vacinação será estendida para grupos com comorbidades, funcionários do sistema de privação de liberdade, pessoas em situação de rua, forças de segurança e profissionais da educação. A descrição completa dos grupos prioritários e recomendações para vacinação podem ser acessadas aqui.

Estratégia de Vacinação

A estratégia de vacinação é realizada de forma tripartite, com a pactuação da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O Ministério da Saúde se reúne periodicamente com representantes de secretarias estaduais e municipais de Saúde para discutir as diretrizes técnicas e operacionais da campanha de vacinação.

O Ministério da Saúde continuará com a distribuição das doses assim que forem disponibilizadas pelos laboratórios produtores e aprovadas pela Anvisa. O Brasil tem 354 milhões de doses de vacinas garantidas, para 2021, por meio dos acordos com a Fiocruz (254 milhões de doses), Butantan (100 milhões de doses) e Covax Facility (42,5 milhões de doses).

Idest

terça-feira, 2 de março de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv