CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Professor denuncia contágio de educadores em reuniões e reforça risco de volta às aulas em MS.

 


Professor, que não quis se identificar, denunciou que colegas da Rede Estadual de Ensino foram contaminados pela covid-19, durante atividades internas, voltadas para professores, em Campo Grande. 

Segundo a denúncia, as atividades de jornada pedagógica e formação continuada ocorreram na Escola Estadual Teotônio Vilela, no Universitário. Ele detalha que os profissionais da educação acreditaram que a Secretaria iria seguir os protocolos de segurança, o que não teria ocorrido. 

‘’... fomos colocados em uma sala com pouca ventilação e as consequências foram drásticas:   já temos cinco casos confirmados entre os professores, inclusive o diretor-adjunto’’, diz o denunciante. 

Ainda segundo o professor, há outros colegas que apresentaram sintomas e aguardam o resultado dos testes.

‘’... e ainda há aqueles que começaram a sentir os sintomas e aguardam pelo agendamento para fazer seus exames’’, completa o docente. 

O denunciante faz uma reflexão sobre um possível retorno às aulas de forma presencial e que, neste momento, acarretaria riscos aos professores, os servidores administrativos e toda a população. ‘’Ainda que a volta seja de forma híbrida (metade de uma sala presencial e outra metade em casa) causaria aumento no fluxo de pessoas no transporte coletivo... justamente num momento em que temos uma nova cepa do vírus além do aumento do contágio e do número de mortes no estado’’, avaliou o professor. 

Resposta

Sobre a denúncia, a assessoria da SED destacou que a orientação que foi passada era a de evitar aglomerações em locais fechados durante as atividades pedagógicas. Também citou que o número de professores é bem menor em relação ao de alunos. 

Ainda segundo o órgão, sobre os casos de contaminação pela covid-19, a Secretaria vai buscar informações detalhadas sobre o tema. 

A SED destacou que todas as medidas tomadas pela pasta são de acordo com as orientações recebidas dos órgãos de saúde do Governo de MS. Existem protocolos de biossegurança e cabe aos gestores escolares adotarem essas medidas. 

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv