CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 5 de janeiro de 2021
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Prefeitura de São Gabriel do Oeste interdita igreja e entra em 'guerra santa' sem querer em MS.

Prefeitura interditou igreja por descumprir decreto (Foto:Idest)


 Desde o início do toque de recolher, medida implantada em todo Mato Grosso do Sul para evitar aglomerações e diminuir a proliferação da covid-19, muitas ‘tretas’ aconteceram, principalmente por alguns estabelecimentos não respeitarem o decreto. 

No final de dezembro, o TopMídiaNews noticiou uma ‘treta santa’, que envolveu igrejas e um vereador de Campo Grande. 

Agora, foi a vez da prefeitura de São Gabriel do Oeste se manifestar por causa de situação semelhante. No dia 3 de janeiro, último domingo, uma igreja foi fechada por 7 dias no município. 

“...quatro fiscais de plantão foram até o local e constataram o descumprimento das medidas de segurança para contenção do Coronavírus, impostas pelo Decreto Estadual 15.559, de 10 de dezembro de 2020, e Decreto Municipal 2297/2020, de 14 de dezembro de 2020 que foi prorrogado....”, diz trecho da nota da prefeitura.

“Conforme relatório apresentado pela equipe de fiscalização, o local descumpriu três importantes medidas impostas no decreto municipal: funcionar com 50% de sua lotação máxima; uso obrigatório de máscara por todos os fiéis e distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas...”.

Além disso, na postagem, a prefeitura esclarece que o pastor responsável pelo local estava ciente das medidas que deveriam ser seguidas. 

Ao final da nota, a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, destacou que a igreja não apresentou nenhum documento oficial solicitando revisão da medida adotada. 

“... caso efetue, o caso será discutido e avaliado pelo Comitê de Contingência para prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus. A Secretaria esclarece ainda que está apenas cumprindo as determinações do Estado e as orientações dos órgãos de saúde, primando sempre pelo bem-estar social e saúde dos são-gabrielenses”, finalizou. 

A postagem gerou polêmica, alguns defenderam que a prefeitura não está agindo de forma correta considerando as lotações de ônibus, bares e outros estabelecimentos.

“Desde início da pandemia há máscaras disponíveis para todos os membros, álcool gel e não passamos da capacidade de 50%! O prédio da Igreja comporta 350 pessoas, tinha entorno de 150 pessoas! Foi autorizado pessoas da mesma família sentarem juntas. Todo culto orientamos uso de máscara e para que não haja contato físico, aperto de mãos, abraços etc”, reforçou membro da igreja. 

Topmidianews

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv