CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 10 de dezembro de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Governo decreta toque de recolher em todo Estado a partir de segunda-feira.

 


O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul deve publicar, nesta sexta-feira (11), um decreto adotando medidas mais restritivas para conter o avanço da covid-19, obrigando todos os 79 municípios a impor toque de recolher das 22h até às 5h, a partir da próxima segunda-feira (14).

De acordo com documento, os municípios devem adotar as recomendações sanitárias definidas pelo Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) durante a restrição de circulação de pessoas. Casos de municípios que não seguirem as regras serão encaminhados ao Ministério Público Estadual (MPMS).  

A medida será válida por 15 dias para conter o avanço da covid-19. Há exceção em casos de trabalho e emergência médica. Serviços não essenciais como bares e restaurantes devem permanecer fechados durante o horário de restrição.

“Estamos no limite de ocupação dos leitos em todo o Mato Grosso do Sul. Se não adotássemos essa medida neste momento poderíamos explodir a capacidade do SUS (Sistema Único de Saúde). Como a cada dia que passa mais pessoas estão sendo contaminadas, tivemos que pisar no freio para não faltar leitos. Tivemos que tomar essa atitude para evitar mais mortes”, afirmou Reinaldo Azambuja.

O decreto contendo as medidas deve ser publicado nesta sexta e as novas normas devem passar a valer a partir da próxima segunda-feira (14). 

O governador adiantou que a fiscalização do toque de recolher será feita pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Vigilância Sanitária Estadual. Guardas municipais e vigilâncias sanitárias municipais vão reforçar a inspeção.

As restrições são aplicadas em um momento de grande alta nos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Em dezembro, o estado registrou, em média, um caso novo de Covid-19 a cada 1,3 minuto, com mais de 10 mil casos apenas neste mês.

Nas últimas 24 horas, MS registrou 1.236 casos positivos de Covid-19 e 18 óbitos, totalizando 109.785 infectados e 1.888 mortes. De acordo com o boletim epidemiológico da doença, a taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI no Estado aumentou drasticamente e já há falta de vagas nas regiões de Campo Grande e Corumbá.

Já as regiões de Dourados e Três Lagoas estão com ocupação de 78% e 64%, respectivamente.

O estado ainda possui três municípios (Naviraí, Amambai e Três Irmãos do Buriti) com grau extremo no programa Prosseguir, que mede o grau de risco para a Covid-19 com base em uma série de parâmetros e recomenda a partir da classificação em bandeiras quais ações devem ser adotadas e atividades podem funcionar. De acordo com o programa, apenas atividades essenciais deveriam funcionar nos municípios citados, o que não está sendo seguido por todas as administrações municipais.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Adsense

Paulinha

http://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

FIQUE EM CASA

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv