CIDADES
INTERNACIONAL
terça-feira, 8 de dezembro de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Acusado de matar ex-esposa e ex-sogra é encontrado morto nas margens da BR-262

 


Wantuir Sonchini da Silva, 43, suspeito de matar a ex-esposa Fabiana Lopes dos Santos, de 37 anos, com 19 facadas em Campo Grande, foi encontrado morto na BR-262 entre o km-273 e 274 em Ribas do Rio Pardo, cidade a 97 quilômetros de Campo Grande, nesta terça-feira (08). Wantuir foi encontrado morto, pendurado pelo pescoço em pedaços de pano amarrados no galho de uma árvore. Tudo indica que se trata de suicídio.

Wantuir e Fernanda foram casados por 18 anos, tinham dois filhos e se separaram porque a vítima relatou ter sido agredida por ele, quando estava grávida de 5 meses.

Na época, após a separação, Wantuir assassinou a mãe de Fabiana, Alzai Bernardo Lopes, 58 anos, no  de 2018. Ele chegou a ser julgado pelo crime e foi absolvido sob alegação de ter problemas mentais.Feminicídio no Natal de 2018

Naquele dia 24 de dezembro a filha de Wantuir teria pedido para falar com o pai e a mãe emprestou o celular para ela mandar WhatsApp. Após a conversa, Wantuir foi até a casa da ex-sogra Alzai Bernardo Lopes, 58 anos, porque achou que a filha dele estaria lá. Segundo ele, ele invadiu a residência pulando o muro porque sabia que a mulher não o deixaria entrar na casa.

Já na residência, Wantuir e Alzai teriam discutido. Ao júri, ele falou que a mulher disse para ele que ele não veria a filha nunca mais, quando ele a agrediu. Ele ainda alegou que não sabia que tinha matado a ex-sogra e que fugiu da casa após asfixiar a vítima e achar que ela tinha desmaiado.

No entanto, na época a polícia trabalhava com a possibilidade de o crime ter sido premeditado. Isso, por conta das ameaças já feitas pelo agressor. Pela ameaça qualificada por violência doméstica, Wantuir cumpriu pena de dois meses e 20 dias. Ele passou por julgamento por conta do feminicídio, mas foi absolvido, considerado inimputável por alegar problemas mentais.O crime aconteceu na Rua Evelina Selingardi, no Parque do Lageado. Moradores da região alegaram que viram a vítima e o suspeito passarem em uma motocicleta, em direção à Gameleira. Momentos depois, ouviram os gritos e descobriram o crime.

Segundo a delegada Bárbara Carmargo, da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Fabiana foi encontrada morta com aproximadamente 19 facadas na região do ombro, tórax e braço. Testemunhas que estavam no local chegaram a ver a mulher discutindo com um homem momentos antes.

O principal suspeito de cometer o crime era Wantuir, que até então não tinha sido localizado. Segundo a polícia, ele estava em liberdade deste setembro e se reaproximou da ex-mulher por causa dos filhos. Mesmo com todo histórico de violência, em novembro ele voltou a ameaçar Fabiana, por ela não querer reatar o relacionamento. A vítima então solicitou nova medida protetiva e registrou boletim de ocorrência contra ele.

Midiamaxnews

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Adsense

SUPERMERCADO BOM PREÇO

https://picasion.com/

RESTAURANTE IZABEL

http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv