CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 8 de janeiro de 2020
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Obra da nova unidade multiplicadora da COOASGO em Rio Verde segue em ritmo acelerado


Aconteceu na manhã desta terça-feira (07), na sede da Cooperativa Agropecuária de São Gabriel do Oeste – COOASGO, uma reunião quinzenal com o intuito de discutir o andamento das obras da nova unidade produtora da cooperativa, - a Granja Rio Verde, localizada no município de Rio Verde de Mato Grosso, há 60 quilômetros da cidade de São Gabriel do Oeste.
A reunião contou com a presença de representantes da COOASGO como o diretor presidente Sergio Luiz Marcon; o secretário Rainer Josef Ruiz de Goehr; Itacir Bedin, conselheiro vogal; Ivonei Scotton, diretor superintendente; Ana Kowaleski, encarregada do setor de Suprimentos, Enio Borges, encarregado da Manutenção e Luiz Paulo Dalpiaz, Engenheiro Civil, além dos representantes da empresa construtora responsável pela obra.
Conforme debatido na ocasião, as obras da granja que tiveram início no mês de agosto de 2019, seguem em ritmo acelerado e avançam conforme o cronograma programado, tendo o início das montagens e instalações de equipamentos previstos para o início do mês de fevereiro. Já a conclusão da obra segue com previsão para o segundo semestre deste ano.
Unidade
Instalada numa área de 60 hectares, com área construída de 40.556,58 m², a Granja Rio Verde foi projetada para atender as atuais legislações internacionais de boas práticas de produção e bem-estar animal e será responsável por uma produção anual de mais de 40 mil matrizes Camborough.
O projeto contempla unidades para creches, maternidades, recria, gestação individual e coletiva, transbordo, quarentenário, corredor de manejo, área de seleção, almoxarifado, entre outros, sendo que todos os processos produtivos serão automatizados e as instalações climatizadas.
Tecnologia
Serão mais de 5 mil fêmeas alojadas, naquela que será uma das mais modernas unidades de produção de suínos do País, tendo como uma das principais características do projeto, o alto padrão tecnológico e sanitário.
A granja irá operar com sistema de monitoramento genético para produção fechada AGPIC Plus. Com foco voltado à máxima sanidade, o programa promove a auto reposição do plantel por meio da Genética Líquida Agroceres PIC, que minimiza o risco de introdução de agentes infecciosos e proporciona um progresso genético consistente, aumentando a eficiência produtiva dos planteis.

Texto: Suzana Vanessa
Fotos: Divulgação, Cooasgo
quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

BARRACA DO PINHEIRO

http://picasion.com/

ROTINA SAUDÁVEL

http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

VIDEOS RIOVERDEMS