CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 28 de outubro de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Garoto espancado por vizinho PM é transferido para cirurgia na Capital.


Família da Vila São Paulo denunciou um policial militar por surrar adolescente de 13 anos, em Coxim, distante 260 quilômetros de Campo Grande. A vítima sofreu ferimentos graves, foi transferida para a Capital e deve passar por cirurgia. Em entrevista ao site Edição de Notícias, Patrícia Neri da Silva, 40 anos, tia da vítima, contou que, o cabo Fabiano Timóteo agrediu o garoto com socos, deixando várias lesões. Todos os envolvidos moram na mesma região e quem conhece o adolescente está revoltado com a situação.
O rosto da vítima, principalmente na região dos olhos, ficou marcado por hematomas devido aos socos. Porém, foram as agressões nas costas, que mais prejudicaram a saúde do estudante. Ele nasceu com um dos rins paralisados e as pancadas nessa região causaram hemorragia, sendo que a vítima precisou ser transferida no sistema vaga zero, na noite deste sábado (25), para Campo Grande. A agressão aconteceu na última quinta-feira (14). 
Conforme o Hospital Regional Álvaro Fontoura, no momento em que foi transferido o paciente já estava urinando sangue. Ontem, a família informou que o garoto vai passar por cirurgia para conter a hemorragia.“O rim bom também foi prejudicado”, lamentou Patrícia. Sem conseguir falar sobre o fato, a mãe do adolescente, Virgínia Neri, 37 anos, que acompanha o filho na unidade, pediu apenas oração pela vida do filho. “Independente da religião de cada um, orem pelo meu filho”.
Outras versões - Até agora duas versões sobre o caso foram apresentadas ao site Edição de Notícias. Segundo relatos de testemunhas, a vítima brincava com outras crianças na rua e uma delas teria jogado pedra no portão da mãe do cabo, que mora ao lado. Já o cabo afirmou que o menino pulou o muro de sua casa. 
Patrícia relatou que estava sentada no quintal, por volta das 20h, e viu uma pessoa correndo, logo em seguida escutou os gritos. “Fui em direção aos gritos e presenciei meu sobrinho sendo surrado. A cena não sai da minha cabeça. Ele pedia para o agressor parar e avisava que só tinha um rim”, relembrou.
Ainda de acordo com a tia, depois de ser flagrado, o policial parou com as agressões. Foi quando o garoto deitou na calçada e começou a vomitar. “Foi um desespero”, disse a tia. Vizinhos afirmam que essa não é a primeira que o cabo se envolve em confusão. o site tentou contato com o cabo e aguarda retorno.
Ediçãoms
segunda-feira, 28 de outubro de 2019

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/