CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 23 de agosto de 2019
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

MS irá contratar 91 brigadistas para combater incêndio no Pantanal


Ministério do Meio Ambiente autorizou o Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) a contratar 91 brigadistas temporários para ações de combate a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul, que foi declarado estado em emergência ambiental. O reforço será nos municípios de Corumbá, Aquidauana e Porto Murtinho.
Portaria editada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que autoriza as contratações, foi publicada hoje (23), no Diário Oficial da União.
Segundo a publicação, em Aquidauana e Porto Murtinho terão duas brigadas temporárias cada, com estrutura de um brigadista chefe de brigada, dois brigadistas chefes de esquadrão e doze brigadistas para a prevenção e combate aos incêndios florestais, totalizando 15 profissionais em cada unidade e 30 por cidade.
Já em Corumbá, será contratada uma brigada federal temporário, com estrutura de brigadista chefe, quatro brigadistas chefes de esquadrão e esquadrão de 24 brigadistas, sendo o total de 29 profissionais.
Conforme divulgado hoje no Correio do Estado, dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que Corumbá está na segunda posição entre os municípios com o maior número de focos de queimadas. Além disso, também há grande extensão de área queimando na Serra de Bodoquena.
Por conta dos focos, governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que serão somados esforços para diminuir o ritmo de incêndios.
“Hoje de manhã teve reunião com o Ibama, Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente, estamos em conjunto para fazer uma parceria com o Exército Brasileiro”, disse.
Até a última quarta-feira (21), Corumbá registrou 2.231 focos de queimada, aumento de 1.277% em relação ao mesmo período do ano passado, que marcou apenas 162. Atualmente, a cidade está atrás apenas de Altamira, no Pará, que tem 2.358. Em todo o Estado, foram registrados mais de 5 mil  focos de incêndio.
Apesar disso, governador afirmou que os números estão dentro dos níveis registrados anteriormente nos períodos de seca e que há um ambiente no País, por conta do incêndios que atingem há vários dias a Amazônia e a Bolívia.
“Cabe a nós fazer parcerias, do governo estadual, governo federal e municípios e trabalhar para diminuir os focos de incêndio no Mato Grosso do Sul e, se puder ajudar, já nos disponibilizamos de ser parceiros da Bolívia, através de Corumbá, para trabalhar conjuntamente e diminuir essa questão dos incêndios”, disse.
Por conta do aumento dos focos de queimada, principalmente em regiões de grandes extensões e de difícil acesso, como o Pantanal Sul-Mato-Grossense e a Serra de Bodoquena, o governador determinou ontem estado de atenção do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.
Correiodoestado
sexta-feira, 23 de agosto de 2019

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

RioverdeRV

twitter @rioverderv

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/