->
CIDADES
INTERNACIONAL
quinta-feira, 11 de maio de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Justiça nega prisão, mas manda colocar tornozeleira em André Puccinelli.


A Polícia Federal cumpre desde as 6h da manhã desta quinta-feira (11) ordens judiciais de busca, apreensão e prisão em diversos endereços de Campo Grande. Um dos mandatos ocorre no apartamento de André Puccinelli (PMDB), supostamente por crime de lavagem de dinheiro. Informações preliminares são de que a Justiça Federal teria negado a prisão de Puccinelli, mas teria mandado colocar no ex-governador uma tornozeleira eletrônica.

Também estariam implicados na investigação que levou à operação desta quinta-feira o ex-secretário-adjunto de Fazenda, André Cance, Mauro Cavalli, ex-chefe de licitação da Secretaria de Meio Ambiente, em Campo Grande, ainda quando André Puccinelli era prefeito da cidade, entre 1997 e 2004, além do empresário Mirched Jafar Júnior, proprietário da Gráfica Alvorada.
O Jornal Midiamax apurou que os policiais passaram ainda na casa do filho do ex-governador, André Puccinelli Júnior, advogado e professor universitário. Ele deve ser conduzido coercitivamente para prestar depoimento na sede da Polícia Federal. As motivações dos pedidos estariam em uma investigação que envolve suspeitas de lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito.

Suspeitas de crime de lavagem de dinheiro também implicariam os dois, segundo informaçÕes preliminares apuradas pelo Midiamax. Cavalli, que em 1997 declarou à Receita Federal ter remuneração anual de R$ 40 mil, seis anos depois, em 2003, já era dono de patrimônio estimado em R$ 10 milhões.
Durante as investigações, descobriu-se que Cavalli, então ‘servidor’ de Puccinelli, teria emprestado R$ 350 mil ao ‘ex-patrão’.
Já o então dono da gráfica Alvorada, Mirched, recebeu R$ 13 milhões no fim da gestão de Puccinelli, em dezembro de 2014, para pagar impressões de livros didáticos. Há suspeitas de que o empresário vencia licitações sem competir e devolvia parte do dinheiro ao ex-governador. O ex-adjunto da Fazenda seria quem fazia as mediações dos negócios. (Colaborou Ludyney Moura)
quinta-feira, 11 de maio de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/