->
CIDADES
INTERNACIONAL
domingo, 30 de abril de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Selfies, maromba e autoajuda: a maratona de Schwarzenegger em SP


Em um tatame duas meninas com cerca de sete anos rolam pelo chão em uma disputa de jiu-jitsu. Logo ao lado, homens ultramusculosos levantam ofegantes centenas de quilos. Nas proximidades, um estande oferece coxinha maromba; outro, batata doce em pó. O cenário ganha uma movimentação ainda mais excêntrica quando cinquenta seguranças, fotógrafos e fãs se posicionam em frente a uma saída de emergência. Todos esperam a mesma coisa: a chegada de Arnold Schwarzenegger. O ator hollywoodiano, é a estrela de primeira grandeza da feira de fisiculturismo e produtos fitness que leva seu nome, a Arnold Classic South America.
Pela primeira vez na capital paulista, a 5ª edição do evento cresceu 30% em espaço ocupado sobre o ano anterior, sediado no Rio de Janeiro. O ator sai de um carro preto e entra no pavilhão do Transamérica Expo Center, na zona sul de São Paulo. Os gritos começam: “Arnold! Arnold!”. Os seguranças, em linha, de braços dados separam o astro das centenas de pessoas com celulares em punho. Simpático, Schwarzenegger sorri, enquanto desfila um look jovial: camisa polo azul, calça cargo marrom e tênis branco. Mas são os óculos escuros que disfarçam os 69 anos de idade estampados no rosto da celebridade.
Como em uma gincana, cujo roteiro da aventura já está pré-definida, o ex-governador da Califórnia segue uma rota. Ele segue para uma pequena quadra de tênis, onde crianças em cadeiras de rodas disputam uma partida. Joga as bolinhas e tira fotos com os atletas-mirins. Em seguida, encara uma das grades e cumprimenta fãs. “I will be back”, grita alguém em referência à uma das falas imortais proferidas por ele no filme O Exterminador do Futuro.
Cinco minutos depois, já está em outro cenário: a competição de strongman. Ele sobe com mais quatro pessoas em um tipo de carroça metálica cujos pesos humanos somam 370 quilos. Um atleta segura a alça do ‘veículo’ para tirá-lo do chão. Não consegue. Outros tentam, incluindo o brasileiro Marcos Ferrari, mas sem sucesso. Recebem uma salva de palmas de consolação. Do alto, Arnold lamenta e aplaude — parecia um capitão em uma galé a se divertir com os esforços dos remadores. Um competidor americano muda a situação: faz seis levantamentos em 60 segundos, o tempo regulamentar, para delírio do público.
domingo, 30 de abril de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/