->
CIDADES
INTERNACIONAL
quarta-feira, 4 de janeiro de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Sitio Passarim em Rio Verde: Turismo de troca é oportunidade de aprendizado e conexões


No sítio Passarim, que fica no município de Rio Verde, há 210 quilômetros de Campo Grande, a oportunidade de desfrutar de paisagens, balneários e alojamento custa apenas algumas horas de trabalho pela manhã.
É feita uma permuta entre trabalho e hospedagem, que tem prazo para terminar, e vagas limitadas a aproximadamente 20 pessoas a cada temporada.
A parte do trabalho envolve ajudar os próprios donos do sítio a erguerem pequenas casas, que servirão de alojamento para outros turistas, por meio da bioconstrução – técnica de construção sustentável. Alguns até pagam pelo acordo, por considerar que aprender o método e passar momentos de lazer na propriedade são as duas coisas um prazer só.
Quem recebe e ensina os visitantes é a família Arruda. Antônio Roberto Arruda é dono da propriedade e foi o primeiro a aprender a fabricar o tijolo adobe – a partir de terra, areia, palha e fibras –, a base das obras. Atualmente, conhece quatro técnicas de bioconstrução ao todo, aprendidas durante um curso. Ensinou à esposa, Marileide, e ao filho Rafael e, desde 2014, ensina também aos visitantes.
Rafael explica que, por falta de dinheiro para expandir a estrutura do sítio para o turismo, a ideia caiu bem. “No começo, a gente trazia umas cinco pessoas pra cá, a cada fim de semana. Hoje, nós temos mais de 7 mil pessoas cadastradas que aguardam para participar do sistema de troca e registramos candidatos de 14 países diferentes no nosso banco de dados”.
Ele afirma que o resultado de dois anos de trabalho coletivo é o crescimento do local e do município. “O sítio está mais bonito, aumentamos a nossa capacidade para receber hóspedes e estamos vendo que a cidade, que era ‘apagada’, está crescendo junto”.
A solidariedade também é moda de troca para os Arruda. Nas horas de folga, eles propõem que os hóspedes pintem casas de famílias carentes que vivem em Rio Verde, com tinta produzida no próprio sítio. “A nossa intenção é ajudar, fazer com que as pessoas passem esse começo de ano em uma casa mais bonita”.
Donos de propriedades vizinhas ao sítio têm interesse em copiar a ideia e, este ano, Rafael quer propor à prefeitura do município que auxilie na ampliação do projeto.
Correiodoestado
quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/