->
CIDADES
INTERNACIONAL
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Há 9 dias esperando cirurgia em MS, paciente escreve em ficha: 'me atende'


Internado há nove dias na Santa Casa de Campo Grande à espera de uma cirurgia no braço esquerdo, o auxiliar de cozinha Lucas Mendes da Silva resolveu fazer apelo aos médicos ortopedistas do hospital. Ele escreveu na ficha de identificação, colada na parede: "Me atende, doutor".A nova administração vistoriou o hospital e constatou o problema. A previsão da diretoria é que uma reunião com a secretaria de Saúde da capital de Mato Grosso do Sul resolva o problema.
"Com essa vistoria que a administração fez aqui, eles puderam ver aqui, em loco, o que está acontecendo. A quantidade de pacientes está muito acima da nossa capacidade técnica e que precisa de uma solução imediata", afirmou o diretor técnico da Santa Casa, José Roberto de Souza.
"Desde o dia que cheguei, pensa em um cara que não sai do pé do doutor. Toda hora eu estou ali: doutor, pelo amor de Deus, doutor. Eu tenho uma filha pra cuidar, eu tenho responsabilidade, eu tenho um trabalho para voltar. Eu tenho que ficar uns 90 dias aí, parado", desabafou Silva.
Além do tempo que aguarda para ser operado, o auxiliar de cozinha ainda tem de ficar em uma maca no corredor do hospital juntamente com outros pacientes. A Santa Casa enfrenta problema de superlotação no setor de ortopedia. Atualmente são nove leitos de pré-ortopedia e cerca de 30 pacientes à espera de um procedimento.
O diretor ainda garante que não está faltando médico. "Nós temos sete médicos na urgência da ortopedia. O problema é o excesso de pacientes. Se cada vez que aumentar o número de pacientes eu tenho que aumentar o número de médicos, isso não tem fim", explicou o diretor.
Os pacientes ainda reclamam da dificuldade de saber quando serão operados. Um dos procedimentos pré-operatórios e estar em jejum e, por isso, passam boa parte do tempo sem comer. "A gente fica o dia inteiro sem se alimentar, sem tomar água, porque, como é norma estar em jejum, a gente só se alimentar depois das 23:30, que é pra gente estar jantando", disse o construtor civil Celso Reis de Arruda.
Atendimentos
A Santa Casa de Campo Grande realiza cerca de três mil cirurgias por mês. Desse total, metade é de ortopedia. Em 2016, foram 19 mil procedimentos ortopédicos.
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/