->
CIDADES
INTERNACIONAL
sexta-feira, 16 de dezembro de 2016
RIOVERDEMS | Por PORTAL RIOVERDE NOTICIAS

Rio Verde completa 63 anos em pleno desenvolvimento.


Hoje, 16 de dezembro de 2016, Rio Verde de MT, está comemorando seus 63 anos de emancipação política. Foi em 1953 que foi oficializado a lei, que tornou Rio Verde, municipio de Mato Grosso do Sul. Rio Verde é uma das mais belas cidades de Mato Grosso do Sul, sendo referência em turismo rural e de aventura. Reúne numerosas atrações como cachoeiras e rios, conta com pousadas, fazendas e balneários onde é possível apreciar a natureza e contagiar-se com a paisagem. Além da gastronomia típica, a hospitalidade é marcante. O município conserva ar interiorano é lugar certo para quem valoriza a qualidade de vida e tranquilidade. São muitos os encantos de nossa cidade repleta de belezas naturais e cenários deslumbrantes.

A arte regional compreende principalmente por peças de cerâmica produzidas pelas artesãs do município. Alguns núcleos reúnem grupos de mulheres que trabalham diferentes técnicas, que juntas fabricam travessas, petisqueiras, panelas, cumbucas, fruteiras, floreiras, cofrinhos, estátuas e demais objetos decorativos e ornamentais. A argila vermelha, matéria prima dos produtos artesanais do grupo, é extraída no próprio município de Rio Verde de Mato Grosso e é considerada uma das melhores em todo o país. O crochê de barbante também é um forte item do artesanato na cidade. Chapéus Karandá são fabricados no município e exportado para todo Brasil e outros países. Recentemente o Cantor Sertanejo Gustavo Lima, ganhou um chapéu karandá e usa o Chapéu, levando o nome de Rio Verde, ao 4 cantos desse Brasil. É uma das mais importantes áreas de turismo do estado, Com destaque para a cachoeira das Sete Quedas, Balneário Quedas D´Água, Ácqua Parck, Rancho da Princesa, e o Balneário Sete Quedas.
A Potencialidade Turística De nossa cidade é extraordinária e reconhecida nacionalmente.

Rio Verde atrai pelos sabores, aromas, histórias e costumes. Proporciona diversão, encantamento e tranquilidade, acolhe os visitantes com muita hospitalidade em meio à vastidão das paisagens naturais, que fascinam.
História
Foram os Índios caiapós os primeiros habitantes das terras que hoje constituem o Município de Rio Verde de Mato Grosso. No século XVII, surgiram os bandeirantes que penetraram pelo varadouro existente entre o Rio Pardo e o Ribeirão Camapuã, daí seguindo pelo Rio Coxim chegaram ao Taquari, em busca das terras dos caiapós, com o intuito de preá-los. Com o estabelecimento de Domingos Gomes Belliago, em 1729, à margem direita do Taquari, a região passou a ser devassada com mais frequência, o que determinou o afastamento dos habitantes primitivos.
Em 1885 se instalou no local Américo de Souza Brito, que adquirira por compra ao Estado extensa faixa de terra situada à margem direita do Rio Verde. Tinha ele a intenção de se dedicar à pecuária, mas acabou vendendo a maior parte de suas terras e Antônio Vitorino da Costa, que instalou a fazenda Campo Alegre. Com a chegada de novos migrantes e suas famílias e a consequente abertura de novas fazendas de gado e de agricultura de subsistência, teve início a constituição do novo núcleo humano que hoje se constitui na cidade de Rio Verde de Mato Grosso.
Em 1931, pelo Decreto nº 89, de 17 de agosto, o Governo do Estado criava o Distrito de Paz de Rio Verde. Instalado em 3 de outubro do mesmo ano, teve como seu primeiro Juiz de Paz, Porfírio Gonçalves e Escrivão do Cartório de Paz, Thomaz Barbosa Rangel.


Muito concorreram para a implantação do novo povoado os cidadãos Américo de Souza Brito, Antônio Vitorino da Costa, José Maria da Costa Diniz e Porfírio Gonçalves, este último, um dos grandes entusiastas da região, foi o que mais concorreu para o progresso do novo povoado. Dele partiu a iniciativa da construção do primeiro templo católico, inaugurado entre 1931 e 1932. A primeira missa foi celebrada em fins de 1932, pelo padre João Crispa, Pároco de Campo Grande.

A localidade de Rio Verde passa a se chamar Coronel Galvão, alterada pelo Decreto-Lei Estadual nº 545, de 31 de dezembro de 1943. Pelo Decreto-Lei nº 876, de 3 de julho de 1947, foi criada a Coletoria Estadual, instalada no ano seguinte. O então distrito de Coronel Galvão é elevado à categoria de município com a denominação de Rio Verde de Mato Grosso, pela Lei Estadual nº 707, de 16 de dezembro de 1953, desmembrado de Coxim e instalado em 2 de janeiro de 1954.
sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

SUPERMERCADO PANTANAL

http://picasion.com/

RioverdeRV

LOJA QUEIMA TOTAL


http://picasion.com/

BARRACA DO PINHEIRO



http://picasion.com/

SUPERMERCADO PONTO CERTO

http://picasion.com/

MERCEARIA NOVA CANAÃ

http://www.rioverdems.com/

LOJA TÔ NA MODA

http://picasion.com/

MERCEARIA TUNTUN

http://picasion.com/